Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Parceria com governo federal é fundamental’, diz Fuad ao receber Lula em BH

Presidente desembarcou na capital mineira na tarde desta quarta-feira (7) e participa de evento amanhã

O prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman (PSD), estava na lista de autoridades que recepcionaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Aeroporto da Pampulha, na tarde desta quarta-feira (7). É a primeira visita do petista a Minas Gerais desde outubro de 2022, quando participou de ato de campanha em BH, ao lado do próprio Fuad.

Em uma publicação no X (antigo Twitter), o pessedista, que deve se lançar candidato à reeleição em outubro, destacou a “parceria com o governo federal” para atração de investimentos a Belo Horizonte.

“Vem mais coisa boa por aí!”, publicou, sem entrar em detalhes.

PBH depende do governo para investimentos

A Prefeitura de Belo Horizonte depende do governo federal para tirar do papel obras importantes, como a da reforma de viadutos e acessos do Anel Rodoviário e o projeto para construção de moradias na área onde funcionava o Aeroporto Carlos Prates, na região Noroeste.

A Itatiaia antecipou nesta quarta-feira (7), que um dos anúncios que devem ser feitos pelo presidente Lula em um evento marcado para esta quinta-feira (8), está o investimento que pode facilitar a duplicação de um trecho da BR-381. O governo federal deve prometer recursos para reassentar famílias que vivem às margens da “Rodovia da Morte”.

Lula vai anunciar que parte das ações no trecho mais próximo da capital mineira - onde os engarrafamentos são constantes - serão executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Leia também

Segundo uma fonte do Ministério dos Transportes ouvida pela reportagem da Itatiaia, a intenção é que o aporte de verbas federais para um dos trechos mais complexos da obra de duplicação seja um facilitador para que o próximo leilão da “Rodovia da Morte” seja bem-sucedido. O leilão deve ocorrer em abril deste ano, depois de mais um fracasso registrado no ano passado, quando o edital restou deserto, ou seja, nenhuma empresa demonstrou interesse nas obras.

“Partes dos trechos da concessão serão executados pelo DNIT, como a variante de Santa Bárbara e a saída e chegada de Belo Horizonte, que tem o reassentamento das famílias. Porém, a operação e serviços ficarão a cargo da concessionária”, explicou.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Editor de política. Foi repórter no jornal O Tempo e no Portal R7 e atuou no Governo de Minas. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tem MBA em Jornalismo de Dados pelo IDP.
Repórter de política na Rádio Itatiaia. Começou no rádio comunitário aos 14 anos. Graduou-se em jornalismo pela PUC Minas. Em Belo Horizonte, teve passagens pelas rádios Alvorada, BandNews FM e CBN. No Grupo Bandeirantes de Comunicação, ocupou vários cargos até chegar às funções de âncora e coordenador de redação na BandNews FM BH. Cobriu as tragédias ambientais da Samarco, em Mariana, e da Vale, em Brumadinho. Vencedor de 8 prêmios de jornalismo. Em 2023, venceu o Prêmio Nacional de Jornalismo CNT.
Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Leia mais