Ouvindo...

Times

Grupo do G20 se reúne em BH a partir desta segunda-feira para debater transição energética

Representantes das principais economias do mundo se reúnem na capital mineira para encontro do Grupo de Trabalho de Transições Energéticas

O Grupo de Trabalho de Transições Energéticas do G20 se reúne a partir desta segunda-feira (27), no Minascentro, na região Central de Belo Horizonte, para discutir o cenário de transição global para o uso de fontes de energias limpas e sustentáveis.

Os trabalhos na capital mineira são coordenados pelo Ministério de Minas e Energia, comandado pelo ministro Alexandre Silveira (PSD).

Os representantes das principais economias do mundo já se reuniram para discutir a transição para energia limpa em outras reuniões organizadas em outros países. Em abril do ano passado, o encontro aconteceu em Gandhinagar, na Índia.

“Nossa matriz elétrica é 88% limpa, somos grandes produtores de energia hidráulica, eólica, solar e de biomassa. O Brasil também é destaque na produção de biocombustíveis, como o etanol. Somos os grandes líderes mundiais da transição energética, por isso temos propriedade para incentivar e cobrar do mundo ações efetivas para enfrentarmos as graves mudanças climáticas que temos enfrentado. É isso que vamos debater e defender junto aos países do G20”, disse Silveira, ao explicar o intuito do encontro.

Veja mais: Encontro do G20 em BH deve ter presença de secretário da OPEP

Em setembro, o Brasil assumiu a copresidência do Comitê Ministerial de Energia Limpa, um fórum para discutir a promoção de energias sustentáveis no mundo.

Escolha por Minas

Segundo Alexandre Silveira, Minas Gerais foi escolhida para sediar o encontro por causa do potencial do estado no apoio à transição energética nacional.

“Minas, assim como o Brasil, é um celeiro de energias limpas e renováveis. Além de sua riqueza mineral, que leva em seu nome, inclusive, o Estado se tornou solo fértil para a produção de energia solar, que tem transformado regiões e gerando desenvolvimento social e econômico”, apontou o ministro.

Operação no trânsito

Para receber o evento no centro da capital mineira, a Prefeitura de BH anunciou que vai realizar uma operação de trânsito na região durante os dias do encontro - entre segunda-feira (27) e quarta-feira (29).

No domingo (26) foram implantadas reservas de área na Av. Augusto de Lima, em frente ao Minascentro, e também na Rua Guajajaras.

Agentes da Unidade Integrada de Trânsito (BHTrans, BPTran e Guarda Municipal) vão monitorar o trânsito no entorno do evento e as rotas de acesso dos hotéis, onde ficarão hospedadas as delegações, até o local do evento. Os agentes também darão apoio durante o embarque e desembarque das delegações.

Além dos agentes da UIT, o trânsito também será monitorado pelo Centro de Operações da Prefeitura (COP), que funciona 24 horas, para que sejam feitas as intervenções necessárias para garantir a fluidez e a segurança no trânsito.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Graduado em Jornalismo, é repórter de Política na Itatiaia. Antes, foi repórter especial do Estado de Minas e participante do podcast de Política do Portal Uai. Tem passagem, também, pelo Superesportes.
Leia mais