Ouvindo...

Times

Leilão do arroz: ministro de Lula diz que vai pedir demissão de diretor da Conab na segunda-feira

Ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, afirmou que pedido de demissão de Thiago José dos Santos recebeu aval do ministro da Agricultura

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, confirmou, neste sábado (22), ter solicitado a exoneração do diretor de Operações e Abastecimento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Thiago José dos Santos.

O ministro informou à reportagem da CNN que a decisão foi acordada com o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro.

“Vou mandar o pedido [de demissão] para o conselho de administração da Conab na segunda-feira (24)”, disse o ministro.

Veja mais: Governo admite que pode desistir de leilão para compra de arroz importado

Os problemas detectados pelo governo federal no leilão do arroz geraram desgaste para o Palácio do Planalto. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu a realização do leilão, mas admitiu ontem que ele foi suspenso por “falcatruas de uma empresa” que participou do certame.

Apesar de ter remarcado o leilão, o Ministério da Agricultura e Abastecimento admite que o leilão pode ser cancelado e que o governo pode desistir da importação do arroz.

‘Diretor do arroz’

Thiago José dos Santos é conhecido como o “diretor do arroz” e foi assessor do ex-deputado federal Neri Geller, demitido na semana passada da Secretaria de Política Agricultura do Ministério da Agricultura após a polêmica envolvendo irregularidades no leilão do arroz, que acabou sendo anulado pelo governo federal.

A demissão ocorreu após a revelação de que o ex-assessor e sócio de Geller, Robson França, atuou como corretor no leilão posteriormente anulado.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais