Ouvindo...

Times

G20 em BH: Mateus Simões diz que Minas Gerais precisa voltar a pensar em geração hidrelétrica

Vice-governador afirmou que papel da Cemig deve se concentrar na distribuição de energia e não na geração de energia

O vice-governador Mateus Simões (Novo), representantes do governo estadual no encontro do G20 que acontece em Belo Horizonte a partir desta segunda-feira (27), afirmou que Minas Gerais precisa voltar a pensar em investimentos em hidrelétricas.

“Temos que voltar a pensar na produção de energia hidrelétrica em Minas. Temos um potencial não utilizado considerável. Os estudos indicam que é possível dobrar a produção hidrelétrica em Minas Gerais. E não estamos falando da construção de grandes barragens, como foi o caso de Furnas lá atrás. Mas, preferia que esses investimentos não fossem feitos pela Cemig, que tem que concentrar seus investimentos na distribuição, precisamos fazer mais subestações e redes trifásicas”, afirmou Simões.

Veja mais: Grupo do G20 se reúne em BH a partir desta segunda-feira para debater transição energética

Questionado sobre o papel da Cemig nos investimentos na produção de energia limpa, Simões defendeu que a estatal mineira foque na distribuição de energia e não da produção.

“O papel essencial da Cemig é trabalhar na distribuição e não em geração. Mas, nós temos 99,5% da geração de energia limpa em Minas sendo distribuída na rede. Então, não é verdade que não há investimentos em energia limpa. Por outro lado, é importante perceber que o mercado de geração é um mercado aberto, para quaisquer investidores. E temos, aliás, os maiores investidores em geração de energia do mundo com plantas em Minas Gerais.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Mineiro de Urucânia, na Zona da Mata. Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Ouro Preto (2024), mesma instituição onde diplomou-se jornalista (2013). Na Itatiaia desde 2016, faz reportagens diversas, com destaque para Política e Cidades. Comanda o PodTudo, programa de debate aos domingos à noite na Itatiaia.
Leia mais