Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

PL corta pela metade salários de Braga Netto e ex-assessor de Bolsonaro, investigados pela PF

O corte das remunerações ocorre em meio às investigações sobre a suposta tentativa de golpe de Estado

O líder do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, reduziu pela metade os salários do general Walter Braga Netto e do coronel Marcelo Câmara, ex-assessor de Jair Bolsonaro (PL). A decisão ocorre em meio às investigações sobre a tentativa de golpe que envolve o ex-presidente e seus aliados nas últimas eleições gerais, em 2022. As informações são de Andreia Sadi, do G1, e foram confirmadas pela Itatiaia.

Conforme informações da assessoria do partido, Braga Netto, que foi candidato a vice-presidente na chapa liderada por Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2022, recebia cerca de R$ 40 mil - e passará a receber em torno de R$ 20 mil. Já Marcelo Câmara, que tinha salário de cerca de R$ 20 mil por mês, passará a ganhar por volta de R$ 10 mil.

Os pagamentos do PL a Braga Netto e Câmara estavam suspensos desde a decisão do Supremo Tribunal Federal que proibiu Valdemar de se comunicar com ambos, que também estão sendo investigados pela Polícia Federal (PF) sobre o suposto esquema de golpe. Agora, eles voltarão a receber seus salários, mas com valores menores.

Leia também:

Investigados

No dia 8 deste mês, a Polícia Federal iniciou a Operação Tempus Veritatis visando investigar uma organização criminosa que se envolveu em tentativas de golpes. A operação atingiu o ex-presidente Jair Bolsonaro, o Walter Braga Netto, o general Augusto Heleno, os ex-ministros da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, e da Justiça, Anderson Torres, além de outros militares e políticos do ex-presidente.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter de Política Nacional e Internacional na rádio Itatiaia. Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pós-graduanda em Comunicação Governamental na PUC Minas. Sólida experiência no Legislativo e Executivo mineiro. Premiada na 7ª Olimpíada Nacional de História do Brasil da Universidade de Campinas.
Leia mais