Ouvindo...

Times

Anac abre consulta pública para discutir regras para transporte de animais em voos

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) realiza uma audiência pública nesta quinta-feira (2) para discutir a criação de novas regras para o transporte de animais em voos nacionais

O diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Luiz Ricardo Nascimento, afirmou nesta quinta-feira (2) que o órgão já recebeu contribuições de membros da sociedade civil com o intuito de criar uma legislação para o transporte de animais em voos nacionais.

O diretor da Anac Luiz Ricardo Nascimento detalhou as contribuições recebidas pelo órgão. “Já recebemos inúmeras sugestões que vão desde melhorias nas infraestruturas aeroportuárias passando por modificações técnicas dentro da aeronave, além dos processos de rastreabilidade dos animais e acompanhamento por profissionais de saúde animal e tantos outros. Não é um tema simples, mas tenho absoluta certeza de que com a participação da sociedade, poderemos colocar o Brasil como um país de referência neste transporte”, afirmou ele.

Leia também

A Anac decidiu abrir a consulta pública após a repercussão da morte do cachorro Joca, que ocorreu em 22 de abril em um voo da Gol. O animal deveria ter sido levado do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para Sinop, no Mato Grosso, mas por um erro de logística da empresa, o cachorro foi transportado para Fortaleza, passando oito horas no avião.

Companhias aéreas e membros da sociedade civil poderão enviar sugestões até 14 de maio. Luiz Ricardo lamentou a morte do cão e destacou que o órgão vai discutir uma legislação mais humana.

“Gostaria de dar um abraço no João, que é tutor do Joca. Ninguém tem dúvida do tamanho que é a dor do pai quando perde filho ou seu pet. Não pode essa dor ser maior que a vontade de todos nós fazermos um transporte de pet mais humano possível”, destacou ele.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais