Ouvindo...

Times

Lula nega atrito com Macron por acordo entre União Europeia e Mercosul

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da França, Emmanuel Macron, se reuniram nesta quinta-feira (28) por cerca de duas horas, no Palácio do Planalto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva minimizou nesta quinta-feira (28) o posicionamento contrário da França que travou a conclusão do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia. Em coletiva de imprensa, no Palácio do Planalto, Lula afirmou que a atual proposta é mais promissora do que a que foi discutida durante a presidência brasileira do Mercosul. “O acordo proposto agora é muito mais promissor de assinar do que o outro era, mas obviamente como o Brasil tinha direito de ser contra a primeira proposta, eu acho normal e democrático que o presidente Macron tenha o direito de ser contra a proposta”, afirmou ele.

O presidente Lula afastou qualquer tipo de atrito com Macron, e afirmou que as negociações são entre os blocos de países. “Nós vamos continuar negociando com a União Europeia. Essa briga quem tem que fazer com o Macron é a União Europeia, e a minha briga fica com o Mercosul”, concluiu ele.

Leia também

Após a reunião bilateral, no Palácio do Planalto, Lula e Macron almoçaram com autoridades e convidados, no Palácio do Itamaraty. O presidente da França será recepcionado, nesta quinta-feira, pelo presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais