Ouvindo...

Times

Pimenta defende Lula das acusações de racismo nas redes sociais, e diz que frases foram retiradas de contexto

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, usou as redes sociais neste domingo (4) para defender o presidente Lula das acusações de racismo

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, saiu em defesa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, neste domingo (4) por conta de um discurso, em São Paulo, em que questionou se um jovem negra, que estava no palco da cerimônia iria batucar algo, e sugeriu que por ser negra ela gostasse de batuque ou tambor. Lula foi acusado de racismo nas redes sociais, por parlamentares da oposição ao governo e internautas.

Ainda no discurso, Lula perguntou se a mulher era namorada de alguém para estar no palco. “Essa menina bonita que está aqui, eu estava perguntando o que faz essa moça sentada, que não ouvi ninguém falar o nome dela. Eu falei: ela é cantora, ela vai cantar. Aí perguntei, ‘não, não vai ter música?’. Então ela vai batucar alguma coisa. Uma afrodescendente assim gosta de um batuque, de um tambor. Também não é. Então eu falei: nossa, é namorada de alguém. Também não é", disse Lula em evento na sexta-feira (2), na fábrica da Volkswagen, em São Paulo. A mulher em questão era Luiza Eduarda Leôncio, de 20 anos, que havia sido premiada pelo trabalho como aprendiz na montadora Volkswagen.

O ministro Paulo Pimenta disse que soa como irreal a tentativa de atingir Lula com frases que, segundo Pimenta, foram retiradas de contexto. O ministro disse, ainda, que as políticas públicas e ações afirmativas efetivadas durante os governos Lula são a demonstração de seu compromisso anti racista.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais