Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Em 24 horas, ‘Enem dos Concursos’ registra 217 mil inscritos

No total, são 6.640 vagas oferecidas em 21 órgãos diferentes

concurso prova

‘Enem dos Concursos’ será realizado em mais de 200 cidades em 21 órgãos

jannoon028/Freepik

Nas primeiras 24 horas de inscrições para o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), o “Enem dos Concursos”, o número de inscritos chegou a 217 mil inscritos. O balanço foi atualizado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, na manhã deste sábado (20).

As inscrições abriram às 10 horas da manhã desta sexta-feira (19) e vão até o dia 9 de fevereiro. As taxas de inscrição são de R$ 90 para os cargos de nível superior e de R$ 60 para o bloco de cargos de nível médio. Quem quiser pedir isenção da taxa de inscrição, tem até o dia 26 de janeiro.

As inscrições devem ser feitas neste link. Para oficializar a participação, o candidato deve ter uma conta no sistema Gov.br. As provas serão aplicadas em mais de 200 cidades em 5 de maio.

O número de inscrições foi bloco até o momento é o seguinte:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 7.788
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados e Informação: 7.476
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas: 7.682
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor: 31.671
  • Bloco 5 – Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 27.422
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação: 6.611
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública: 36.177
  • Bloco 8 – Nível Intermediário: 93.453
Leia Também

O Concurso Nacional, conforme explica o governo federal, consiste em um modelo de realização conjunta de concursos públicos para o provimento de cargos públicos efetivos no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional.

São 8 blocos diferentes: Administração e Finanças Públicas; Setores Econômicos, Infraestrutura e Regulação; Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário; Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação; Políticas Sociais, Justiça e Saúde; Trabalho e Previdência; Dados, Tecnologia e Informação; Nível Intermediário.

👉🏻 Inscrições

  • Uma única inscrição que vale para todos os órgãos participantes.
  • As inscrições começam no dia 19 de janeiro e seguem até 9 de fevereiro.
  • Os dados finais das inscrições serão divulgados em 29 de fevereiro.
  • Os cartões de confirmação estarão disponíveis a partir de 29 de abril.
  • Taxa de inscrição: R$ 60 para nível médio e R$ 90 para nível superior.
  • Isenção: inscritos no CadÚnico, doadores de medula óssea, bolsistas do ProUni e financiados pelo Fies.

👉🏻 Vagas

  • São 6.640, para cargos de níveis médio e superior.
  • As inscrições para os blocos:
    Infraestrutura, exatas e engenharias: 727.
    Tecnologia, dados e informação: 597.
    Ambiental, agrário e biológicas: 530.
    Trabalho e Saude do Servidor: 971.
    Educação, saúde, desenvolvimento social e direitos humanos: 1.016.
    Setores econômicos e regulação: 359.
    Gestão governamental e administração pública: 1.748.
    Nível intermediário: 692.
  • São 21 órgãos diferentes:
    Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI): 1.480
    Ministério do Trabalho e Emprego (MTE): 900
    Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa): 520
    Advocacia-Geral da União (AGU): 400
    Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI): 296
    Ministério da Saúde (MS): 220
    Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP): 130
    Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC): 110
    Ministério da Educação (MEC): 70
    Ministério da Cultura (Minc): 50
    Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC): 40
    Ministério dos Povos Indígenas (MPI): 30
    Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO): 60
    Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): 895
    Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra): 742
    Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai): 502
    Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep): 50
    Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel): 40
    Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc): 40
    Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): 35
    Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq): 30

👉🏻 As provas

  • Data de realização: 5 de maio.
  • Banca realizadora: Fundação Cesgranrio. Ela já organizou concursos para a Petrobras, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entre outros.
  • Locais: As provas vão acontecer em 5.141 locais de 220 cidades dos 26 estados e do Distrito Federal.
  • Dinâmica: Em um único dia, a prova será dividida em duas partes. A primeira será objetiva, com perguntas comuns a todos os candidatos. A segunda terá perguntas específicas e dissertativas separadas por blocos temáticos.
  • Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redações: 3 de junho.
  • Divulgação final dos resultados: 30 de julho.
  • Início da convocação para posse e cursos de formação: 5 de agosto.

👉🏻 Salários

  • As remunerações podem chegar a R$ 22,9 mil.

👉🏻 Posse

  • As posses dos aprovados começam dia 5 de agosto

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais