Ouvindo...

Times

Troca no Ministério da Justiça deve acontecer até o final desta semana, indica Flávio Dino

O ministro da Justiça Flávio Dino deve permanecer por um mês como senador; em fevereiro, ele toma posse no Supremo Tribunal Federal (STF)

A troca na chefia do Ministério da Justiça e Segurança Pública deve acontecer até domingo (14), segundo indicou o atual ministro Flávio Dino, nessa segunda-feira (8). “O presidente Lula tem feito uma escolha cuidadosa e me cabe apenas aguardar no cargo, como tenho feito. Acredito que, nesta semana, a transição será concluída. Espero que até o final da semana o presidente chegue a esse nome [do novo ministro]. Até lá, sigo no ministério garantindo a continuidade dos trabalhos”, afirmou.

O principal nome ventilado para ocupar o lugar de Dino é o do ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. Flávio Dino, aliás, deixará a pasta da Justiça e Segurança Pública para ser empossado ministro da Corte. “Qualquer que seja o homem ou a mulher que o presidente Lula escolher terá em mim toda a transparência para termos um serviço de Justiça e Segurança cada vez mais eficiente”, disse Dino.

Logo que a troca no ministério for concluída, Flávio Dino retornará ao Senado Federal, onde se manterá no cargo de senador por cerca de um mês. Em seguida, ele se afasta definitivamente do posto. A cerimônia de posse no STF acontecerá em 22 de fevereiro.

Nos bastidores. No fim do ato Democracia Inabalada, que marcou um ano dos ataques antidemocráticos do 8 de Janeiro, Flávio Dino e Ricardo Lewandowski se cumprimentaram e conversaram rapidamente. Questionado sobre o assunto, Dino sorriu e evitou responder; perguntado, ainda, se Lewandowski era o escolhido de Lula para a Justiça, o atual ministro brincou: “só o presidente sabe”.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais