Ouvindo...

Times

Conteúdo Patrocinado

Rota da cachaça: descobrindo alambiques históricos

A cachaça tipicamente mineira é feita em alambiques e reconhecida como patrimônio imaterial do estado; Norte de Minas é a região com mais tradição na fabricação

oferecimento

Minas é o estado com a maior produção de cachaça do país: esse título é sustentado não só pela qualidade da cachaça feita no estado, mas também por números.

Levantamentos de 2021 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) mostram Minas tomando a dianteira nacional em relação aos estabelecimentos produtores de cachaça: são 353 estabelecimentos, o que representa mais de 37% da produção nacional. O segundo estado com maior número de cachaçarias é São Paulo, com 143 listados.

O impacto que a exportação de cachaça traz para a economia também é considerável: em 2022, Minas foi o terceiro estado com maior número de exportações – com um valor de mais de US$2 milhões, originados de 378 mil litros de bebida.

Salinas é o município com maior número de cachaçarias registradas, mas a popularidade da cachaça tem se expandido para além da região norte de Minas.

Produção de cachaça artesanal em Minas

A fabricação de cachaças em alambiques é um marco cultural e econômico para o estado. Além de ser o estado com maior número de alambiques do país, a produção dessa bebida seguindo esse modo específico de preparo é patrimônio cultural imaterial de Minas.

Embora a disparidade entre os números de produção de cachaça em MG seja considerável em relação ao restante do país, o número de produtores pode ser ainda maior. Dados do Instituto Brasileiro de Cachaça (IBRAC) mostram que a informalidade no setor – ou seja, produtores não cadastrados no MAPA – pode chegar a 89%.

As condições para produção da cachaça em Minas são favoráveis: a cana de açúcar que cresce no Norte de Minas encontra condições ideais de desenvolvimento, já que a cana precisa de luz, calor e água em abundância – traços característicos dessa região do estado.

Não por acaso, a região norte de Minas movimenta boa parte dos negócios da cachaça no estado. A cidade de Salinas, a capital nacional da cachaça artesanal, conta com 16 alambiques para a produção artesanal da cachaça.

Entenda a diferença entre cachaça artesanal e industrial

A maior diferença acontece na etapa de destilação: a cachaça artesanal é destilada em alambiques de cobre, e a industrial, em colunas de inox.

  • A cachaça industrial normalmente tem aditivos para acelerar o processo de fermentação. As artesanais usam leveduras naturais ou selecionadas, que deixa o processo mais lento.
  • A cachaça artesanal é produzida apenas uma vez no ano, nos meses mais secos. O dia 21 de maio é considerado Dia da Cachaça Mineira porque marca o início da safra de produção de cana de açúcar.
  • A versão artesanal da cachaça é feita em alambiques de cobre, no qual existe uma separação entre a “cauda” e a “cabeça” da cachaça. Essa separação em frações influencia diretamente na qualidade da bebida, permitindo que apenas a melhor parte do que foi destilado seja aproveitado.
  • O alambique de cobre também ajuda a deixar aroma e sabor da cachaça mais agradáveis. Quando envelhecem em barris de madeira, pegam as características de cada tipo e as incorporam ao seu sabor.
Leia também

Cidades e cachaçarias por Minas Gerais

Conheça alguns municípios produtores de cachaça espalhados pelo estado.

Alambique em Coronel Xavier Chaves

É onde está o alambique mais antigo ainda em funcionamento. Outro grande atrativo é que o local é gerenciado pelos descendentes de Tiradentes, um dos grandes heróis da Inconfidência Mineira. O município está próximo de Tiradentes e São João del-Rei.

Degustação de cachaça disponível: sim.

Cachaça Mazuma Mineira - Bichinho

Embora o Norte de Minas tenha tradição na fabricação de cachaça, a parte mais ao sul do estado também celebra a tradição da cachaça.

A visitação inclui uma excursão por todas as etapas do processo produtivo: o canavial, produção da cachaça e armazenamento da bebida em tonéis. Os visitantes aprendem sobre o uso de diferentes tipos de madeira e o impacto na bebida.

Degustação de cachaça disponível: sim.

Museu da Cachaça - Salinas

Um verdadeiro centro de conhecimento para quem quer conhecer mais sobre o processo de produção da cachaça.

É um espaço totalmente dedicado a todas as etapas da fabricação da bebida que movimenta tão fortemente essa parte do estado.

Degustação de cachaça disponível: sim.

Rota da Cachaça - Brumadinho

Os visitantes podem escolher entre diferentes passeios disponíveis.

As opções incluem visita a fazendas de produção e envelhecimento de cachaça. Os visitantes aprendem sobre todos os processos envolvendo o preparo da cana-de-açúcar, alambicagem e, claro, também sobre degustação e harmonização de cachaças.

Degustação de cachaça disponível: sim.

Velha Aroeira - Porto Firme

Localizado na Zona da Mata, o negócio da cachaça movimenta mais do que somente a produção e comércio: o local recebe grupos fechados na sua pousada interna, onde podem não apenas ver de perto o processo de transformação da cana na cachaça, mas também degustar a bebida.

Circuito Turístico da Cachaça

Dar uma cachaça mineira de presente para alguém de fora do estado já é quase uma tradição. Mas o setor de turismo pode se beneficiar ainda mais do aproveitamento da bebida.

Em 2016, foi criado o Circuito Turístico da Cachaça. A ideia é que essa iniciativa ajude a profissionalizar ainda mais o setor de turismo da maior região produtora do estado, capacitando empresas e funcionários a receberem pessoas interessadas em aprender mais sobre a cachaça e sua importância para aspectos culturais-econômicos.

Esses seis municípios do norte de Minas concentram a produção de cerca de 70 rótulos de cachaça de alambique: Berizal, Fruta de Leite, Indaiabira, Rubelita, Salinas e Taiobeiras. Todas, é claro, com a produção artesanal, garantindo qualidade acima de quantidade.

Pelas ruas de BH, as bebidas artesanais que levam cachaça (e outras bebidas alcoólicas) têm mostrado cada vez mais criatividade – e atraído novos admiradores.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais