Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Haddad anuncia reunião com bancos públicos para discutir a manutenção dos empregos no RS

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, irá se reunir na quinta-feira (16) com sua equipe e representantes dos bancos, incluindo o BNDES, para discutir a criação de linhas de crédito para que as empresas do Rio Grande do Sul possam garantir a manutenção dos empregos

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, agendou uma reunião para quinta-feira (16) com membros da equipe econômica e representantes dos bancos públicos, incluindo o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para discutir a criação de uma linha de crédito para socorrer as empresas gaúchas. O anúncio foi feito em agenda em São Leopoldo (RS), nesta quarta-feira (15), em cerimônia que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O encontro, que irá ocorrer em Brasília, tem o objetivo de garantir a manutenção dos empregos no Rio Grande do Sul, com a criação de linhas de crédito específicas para socorrer as empresas atingidas pelas chuvas. “O trabalho vai se estender, e a cada semana serão duas ou três medidas, até que nós tenhamos a clareza de que temos o FERRAMENTAL necessário para agir de cada situação específica da maneira mais adequada, mais transparente e mais eficaz. Para que consigamos restabelecer os processos produtivos, educativos, atendimento em saúde e assistência, e assim por diante”, enfatizou Haddad.

Leia também

O Governo Federal editou uma Medida Provisória, no último fim de semana, que liberou R$ 7 bilhões aos ministérios para que o governo faça a subvenção e garanta a criação de linhas de crédito para os pequenos produtores e as pequenas empresas do estado.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais