Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Votação do DPVAT com jabuti bilionário para o governo antecederá sessão do Congresso

Proposta que recria o DPVAT inclui uma alteração no arcabouço fiscal e permite ao governo antecipar R$ 15,7 bilhões em despesa extra

A proposta de lei para recriar o seguro DPVAT será colocada para votação dos senadores na quarta-feira (24), horas antes do início da sessão conjunta do Congresso Nacional que analisará os vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A rápida votação da proposta, que inclui um jabuti bilionário para antecipar R$ 15,7 bilhões em despesas extras para o Governo Federal, é parte de um acordo que a base aliada se movimenta para construir.

Leia também

Parte do valor que será liberado com a aprovação da proposta do DPVAT deve ser destinado às emendas parlamentares de comissão. Em troca, os parlamentares garantem a manutenção do veto do petista à liberação de R$ 5,6 bilhões para essas emendas, prevista no orçamento aprovado pelo Congresso no ano passado.

Após a reunião de líderes do Senado nesta quinta-feira (18), o senador Efraim Filho (União Brasil-PB) confirmou que o projeto de lei (PL) do DPVAT entrará na pauta do plenário.

A proposta tramita sob relatoria do líder do governo no Senado Federal, Jaques Wagner (PT-BA). Antes de ir a plenário, o relatório será apresentado e votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais