Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Governo deve antecipar aportes da privatização da Eletrobras para diminuir conta de luz, diz Silveira

A mudança, anunciada pelo ministro de Minas e Energia, deve ser feita por meio de medida provisória

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, disse, durante o seminário sobre mineração e transformação dos minerais estratégicos, nesta quarta-feira (21), que o governo estuda a ideia de antecipar R$ 26 bilhões em aportes da Eletrobras para reduzir a conta de luz.

“Tive a ideia de permitir na medida provisória, caso a não se sensibilize e adiante esse pagamento. [...] A possibilidade de a gente adiantar, ou seja, securitizar esses R$ 26 bilhões para minimizar o impacto na tarifa”, disse Silveira.

Leia também

O ministério analisa a possibilidade de empregar esses fundos para amortizar os empréstimos contraídos pelas distribuidoras através da “Conta Covid” e da “Conta Escassez Hídrica”, que foram estabelecidas em anos anteriores para mitigar os efeitos desses eventos. "[Essas dívidas] são pagas hoje a juros muito altos, em torno de 12% a 13% ao ano, mais a inflação”, disse ele.

Segundo Silveira, três MP’s relacionadas ao setor energético devem sair ainda nesta semana.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais