Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

No dia seguinte à posse de Milei, site da Casa Rosada ainda exibe nome de Fernández

Javier Milei tomou posse como o 12º presidente da Argentina pós-redemocratização, em 1985

Milei durante primeiro discurso como presidente

Milei durante primeiro discurso como presidente

Reprodução / Redes Sociais

O economista Javier Milei tomou posse, oficialmente, como presidente da Argentina neste domingo (10), em cerimônia que reuniu oito chefes de Estado na Casa Rosada, em Buenos Aires. No entanto, o site da sede da administração do governo argentino ainda não atualizou o nome do novo inquilino.

Conforme exibe na seção “autoridades”, o site da Casa Rosada ainda aponta que o presidente da Argentina é Alberto Fernández e a vice-presidente, Cristina Fernández de Kirchner. Outros nomes de representantes do governo que ainda constam no site oficial são o do chefe de gabinete dos ministros, Agustín Rossi e o secretário-geral, Julio Vitobello.

casa-rosada-posse-milei.jpeg

Site da Casa Rosada ainda exibe nomes de integrantes da administração anterior

Reprodução

Milei tomou posse neste domingo (10) e falou aos argentinos em dois momentos. Em um palco montado em frente ao Congresso Nacional e da sacada da própria Casa Rosada.

Em seu discurso, prometeu um “choque na economia” e uma “luz no fim do túnel”.

“Lamentavelmente, tenho que dizer a vocês, não há dinheiro. Por isso, a conclusão é que não há alternativa ao ajuste e ao choque. Naturalmente, isso impactará de modo negativo sobre o nível de atividade, emprego, salário real e quantidade de pobres e indigentes”, afirmou.

“Cem dias de fracasso não se desfazem em um dia, mas um dia começa. E hoje é esse dia. Hoje começamos a sair do caminho da decadência e começarmos a traçar o caminho da prosperidade”, disse.

Oito chefes de Estado compareceram à posse de Javier Milei, entre eles o presidente do Uruguai, Luís Lacalle Pou, do Chile, Gabriel Boric, e da Hungria, Viktor Orbán. O representante do governo brasileiro na cerimônia foi o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

Editor de política. Foi repórter no jornal O Tempo e no Portal R7 e atuou no Governo de Minas. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tem MBA em Jornalismo de Dados pelo IDP.
Leia mais