Ouvindo...

Times

Brasileiros em Khan Younis seguem incomunicáveis

Representação do Brasil na Palestina perdeu contato com grupo de 16 pessoas na sexta-feira (27); Gaza está sem internet após intensificação dos bombardeios

Parte dos brasileiros que aguardam autorização para deixar a Faixa Gaza segue incomunicável. A Representação do Brasil na Palestina perdeu contato com o grupo que está em Khan Yunis na tarde de sexta-feira (27), após a região ficar sem internet por conta da intensificação dos bombardeios.

Desde então, a diplomacia brasileira só conseguiu falar com um brasileiro em Rafah. Ele informou que o grupo de 18 pessoas — reunido em um mesmo abrigo na cidade — está em segurança.

Em Khan Younis, no entanto, o contato é mais difícil porque as pessoas não estão juntas. Cada família está na casa de um parente ou amigo. Ao todo, 16 pessoas aguardam resgate nessa região do Sul de Gaza.

“Nosso escritório conseguiu falar rapidamente com o mesmo e único canal que conseguimos manter em Rafah. Continuam seguros, graças a Deus. Vão tentar comprar água e alimentos hoje. Seguimos tentando contato com os de Khan Younes”, disse o embaixador do Brasil na Palestina, Alessandro Candeas, às 7h deste sábado (28).

Entre os brasileiros em Khan Younis, está Hasan Rabee. Ele aguarda resgate junto com a esposa e as filhas de 5 e 3 anos. Hasan vinha enviando vídeos diários com relatos sobre a situação em Gaza. Desde sexta-feira, no entanto, ele nem sequer recebe as mensagens enviadas por diplomatas e jornalistas.

O último relato dele à CNN foi sobre a conversa que teve com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na quinta-feira (26). Na ocasião, Lula prometeu se empenhar para retirar da Faixa de Gaza familiares palestinos de brasileiros que aguardam serem resgatados ao Brasil.

Mais pedido de ajuda

A Representação do Brasil na Palestina atualizou o número de pedidos de ajuda para fugir de Gaza, na sexta-feira. São 34 pessoas: 18 crianças, 10 mulheres e 6 homens. Vinte e quatro são brasileiros e 10 são palestinos parentes próximos.

Todos aguardam autorização do governo egípcio para cruzar a fronteira com o Egito. Um avião presidencial aguarda o grupo no aeroporto do Cairo.

Publicado por Eduardo Lucizano

Acompanhe as últimas notícias produzidas pela CNN Brasil, publicadas na Itatiaia.
Leia mais