Ouvindo...

Times

Deputados têm bens bloqueados por pedirem reembolso de aluguel de carros com preço superfaturado

Carlos Henrique, Gilberto Abramo e Ione Pinheiro respondem por improbidade administrativa; bloqueio chega a R$ 310 mil

Uma decisão da Justiça de Belo Horizonte determinou o bloqueio de R$ 310 mil em bens de dois deputados estaduais e um ex-deputado estadual, acusados de alugarem veículos de uma mesma empresa em valores mais altos que os praticados pelo mercado.

A decisão é do juiz Emerson Marques Cubeiro dos Santos, da 1ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias e atende a um pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

De acordo com a denúncia, o ex-deputado estadual Gilberto Abramo (Republicanos) - atualmente deputado federal -, Carlos Henrique (Republicanos) e Ione Pinheiro (União Brasil) “custearam a locação de veículos em valores superiores aos praticados no mercado, o que favoreceu ilicitamente a empresa ré ALAMO RENT A CAR LTDA e causou dano ao Erário”.

Ainda de acordo com o MPMG, um assessor do deputado Gilberto Abramo era sócio da companhia onde os veículos foram alugados.

Bloqueio de bens

O bloqueio de bens atinge dinheiro depositado em bancos, aplicações financeiras listadas na bolsa ou outros ativos e até mesmo carros, embarcações ou aeronaves que estiverem nos nomes de cada um deles.

A denúncia cita uma regra da Assembleia Legislativa de Minas Gerais que disciplina os reembolsos aos quais deputados têm direito. Segundo a Deliberação 2446/2009, um dos requisitos para que o reembolso seja efetuado é que os preços estejam de acordo com o valor de mercado.

Ainda conforme a decisão judicial, o deputado Carlos Henrique deve ter bloqueados bens no valor de R$ 103 mil; Gilberto Abramo, no valor de até R$ 102 mil; e Ione Pinheiro, no valor de R$ 105 mil.

A reportagem entrou em contato com os gabinetes dos três parlamentares e com a empresa de aluguel de veículos Alamo Rent a Car e aguarda posicionamento das partes.

Editor de política. Foi repórter no jornal O Tempo e no Portal R7 e atuou no Governo de Minas. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tem MBA em Jornalismo de Dados pelo IDP.
Leia mais