Ouvindo...

Times

PF realiza operação para investigar invasão ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão; TSE detectou aos menos 150 invasões feitas através do aplicativo E-Título

A Polícia Federal (PF) realiza nesta terça-feira (25) uma operação para desarticular um esquema de invasão ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) através do aplicativo e-Título. A operação é batizada de Eleitor Protegido.

Ao todo, são cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), São Miguel do Gostoso (RN) e Maracanaú (CE).

De acordo com a PF, os suspeitos utilizavam indevidamente o aplicativo E-Título para fins de inscrição eleitoral em nome de pessoas públicas.

Leia também

O TSE detectou o problema e identificou 158 registros de irregularidades realizadas por meio do aplicativo. A partir das invasões, os criminosos emitiam títulos de eleitor e até realizavam a inscrição como mesário voluntário, em nome das vítimas.

Os investigados devem responder pelo crime de invasão de dispositivo informático. O objetivo da investigação é esclarecer qual era a motivação e o objetivo dos investigados com a invasão dos sistemas do TSE.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Rádio Itatiaia em Brasília atuando na cobertura política dos Três Poderes. Mineiro formado pela PUC Minas Gerais, já teve passagens como repórter e apresentador pela Rádio BandNews FM, Jornal Metro e O Tempo. Vencedor do prêmio CDL de Jornalismo em 2021 e Amagis 2022 na categoria rádio.
Leia mais