Ouvindo...

Times

‘Combater o desmatamento é combater o crime’, diz Mercadante em cerimônia de repasse de R$ 318 milhões para o Fundo Amazônia

A cerimônia de assinatura do contrato entre Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) ocorreu nesta segunda-feira (17), no Palácio do Planalto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta segunda-feira (17) da cerimônia de assinatura do contrato entre Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que prevê o repasse de R$ 318,5 milhões ao Plano Amazônia: Segurança e Soberania (AMAS).

A Ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, destacou que os recursos irão auxiliar as ações de monitoramento e controle ambiental. O AMAS atua na preservação ambiental com ações de segurança pública que abrangem nove estados da Amazônia Legal: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins. O Plano prevê investimento total de R$ 1,2 bilhão.

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, defendeu que o IBAMA receba investimentos por meio de recursos do Fundo Amazônia. Ele destacou, em discurso na cerimônia, que a Polícia Federal cumpre um papel fundamental no combate aos crimes na região da Amazônia. “Combater o desmatamento ilegal é combater o crime organizado. Combater o garimpo ilegal é combater o crime organizado”, destacou o presidente do BNDES.

Leia também

Mercadante afirmou ainda que o fortalecimento do Brasil na diplomacia internacional depende das ações de proteção da Amazônia.” A Amazônia está no centro da atenção do planeta”, ressaltou.

O Brasil assumiu o compromisso global de zerar o desmatamento ilegal na Amazônia até 2030.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais