Ouvindo...

Times

Gleisi vai ao México acompanhar eleição presidencial e projeta vitória de candidata à esquerda

Disputa no país da América do Norte tem duas mulheres como favoritas; dirigente petista declarou apoio à coalizão situacionista

Presidente nacional do PT e deputada federal pelo Paraná, Gleisi Hoffmann está no México para acompanhar as eleições presidenciais do país da América do Norte. Os mexicanos vão às urnas neste domingo (2) para o pleito, que vai definir o sucessor do atual presidente, Andrés Manuel López Obrador.

Gleisi foi recebida na capital por Mário Delgado, presidente do Movimento Regeneração Nacional (Morena), partido de AMLO, sigla utilizada para se referir ao atual chefe do Executivo federal.

A legenda tem Claudia Sheinbaum como candidata à presidência. Se for eleita, ela será a primeira mulher a governar o México. Na disputa estão, ainda, nomes como Xóchitl Gálvez, do tradicional Partido de Ação Nacional (PAN), que lidera uma coalizão de centro-direita.

Leia também

Segundo Gleisi, “todas as pesquisas” indicam a vitória de Claudia Sheinbaum. Ela prometeu “acompanhar de perto” o dia eleitoral no México.

Além da presidência da República, o povo mexicano também elegerá oito governadores, 500 deputados e 128 senadores, bem como vereadores e prefeitos. Mais de 20 mil cargos públicos estão em jogo, e muitas mulheres são candidatas. Viva o México! Viva a América Latina”, escreveu Gleisi, na rede social X, anteriormente chamada de Twitter

Ao lado de Gleisi, viajaram o deputado federal Lindbergh Farias (PT-SP) e Mônica Valente, diretora do Foro de São Paulo, organização que reúne diversos partidos de esquerda da América Latina.


Participe dos canais da Itatiaia:

Graduado em Jornalismo, é repórter de Política na Itatiaia. Antes, foi repórter especial do Estado de Minas e participante do podcast de Política do Portal Uai. Tem passagem, também, pelo Superesportes.
Leia mais