Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Dino troca festa de magistrados por missa após posse no STF

Tradicionalmente, associações oferecem festa de posse para os novos integrantes do Supremo

Ainda senador, Flávio Dino (PSB-MA) confirmou nesta segunda-feira (19) que dispensou a tradicional festa patrocinada pelas associações de magistrados para os novos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Dino indicou que, após a cerimônia de posse na próxima quinta-feira (22), haverá uma missa na Catedral de Brasília, celebrada pelo cardeal arcebispo Dom Paulo Cezar Costa, marcada para 19h.

As festas dos magistrados costumam suceder o rito de posse no palácio do STF. No ano passado, as associações patrocinaram as festas de posse do ministro Cristiano Zanin, em agosto, e do ministro Luís Roberto Barroso, que ascendeu à presidência do tribunal em setembro. Os preços dos ingressos para a festa de Zanin, aliás, viralizaram nas redes sociais. Convidados pagaram até R$ 900 para participar da comemoração.

Leia também

Flávio Dino se despede do Senado Federal nesta quarta-feira (21), quando renunciará oficialmente ao cargo para o qual foi eleito em 2022. Nesta segunda-feira, ele protocolou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para proibir o benefício da aposentadoria compulsória e substituí-lo por demissão para juízes, promotores e militares condenados por crimes graves. Além de um projeto de lei (PL) que cria um sistema de avaliação dos hospitais públicos e privados do país. Na terça-feira (20), Dino discursa pela última vez na tribuna do plenário.

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter de política em Brasília. Na Itatiaia desde 2021, foi chefe de reportagem do portal e produziu série especial sobre alimentação escolar financiada pela Jeduca. Antes, repórter de Cidades em O Tempo. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Leia mais