Ouvindo...

Times

Lula conversa com Maduro sobre disputa por Essequibo

Presidente da Venezuela telefonou para Lula em meio a escalada de tensão por conflito na fronteira com a Guiana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou neste sábado (9), por telefone, com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, sobre a situação envolvendo a disputa territorial com a Guiana. Segundo o governo federal, no telefone, o presidente Lula transmitiu a crescente preocupação dos países da América do Sul sobre a questão envolvendo a região de Essequibo - que corresponde a cerca de dois terços do território da Guiana.

Lula expôs, ainda, os termos da declaração sobre o assunto aprovada na última reunião de cúpula do Mercosul, na semana passada, que teve o aval do Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina, Colômbia, Peru, Equador e Chile. “Recordou a longa tradição de diálogo na América Latina e que somos uma região de paz”, destacou o governo em um comunicado divulgado neste sábado.

Ainda na conversa, Lula propôs um diálogo para pacificar o tema, e sugeriu que o presidente de turno da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), Ralph Gonsalves, trate do assunto com as duas partes.

“O presidente Lula reiterou que o Brasil está à disposição para apoiar e acompanhar essas iniciativas. Lula ressaltou que é importante evitar medidas unilaterais que levem a uma escalada da situação”, destacou o governo em comunicado.

O presidente Lula se reuniu ontem com o ministro da Defesa, José Múcio, para tratar da atuação das Forças Armadas para evitar que o território brasileiro seja invadido ilegalmente. As forças armadas reforçaram o efetivo na fronteira com os dois países.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais