Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Chanceler deve ir ao Egito no sábado (21) para tratar de repatriação de brasileiros em Gaza

A ideia do governo federal é que o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, converse com o chanceler do Egito sobre a abertura da fronteira com a Faixa de Gaza

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, deve ir ao Egito para se reunir, no próximo sábado (21), com o chanceler do Egito para tratar da abertura da fronteira com a Faixa de Gaza, para permitir a repatriação do grupo de cerca de 30 brasileiros. Inicialmente, o embaixador do Brasil no Egito, Paulino Franco de Carvalho Neto. Mas, um interlocutor do governo disse nesta quarta-feira (18) que a orientação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é para que o ministro Mauro Vieira conduza a agenda.

O chanceler Mauro Vieira conversou na terça-feira (17) com o ministro dos Negócios Estrangeiros do Egito, Sameh Shoukry. Segundo o Itamaraty, na conversa, que ocorreu por telefone, os dois trataram das negociações para a abertura do posto fronteiriço de Rafah, para que o governo possa realizar a repatriação dos cerca de 30 brasileiros, que aguardam autorização para deixar o Sul da Faixa de Gaza.

Segundo informações do Itamaraty, o grupo de cerca de 30 brasileiros e familiares diretos que aguardam retirada da Faixa de Gaza segue abrigado nas localidades de Khan Younis e Rafah, nas proximidades da fronteira com o Egito. O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) enviado para repatriar os brasileiros pousou nesta quarta-feira (18), em Al-Arish, no Egito, para a entrega de doação humanitária, tendo seguido para o Cairo, onde permanecerá aguardando autorização para resgatar os brasileiros procedentes da Faixa de Gaza.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais