Ouvindo...

Times

‘Também não estou feliz’, diz Janja sobre demissão de Ana Moser

Em uma rede social, primeira-dama comentou a saída da ex-atleta de vôlei do comando do Ministério do Esporte

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, disse não estar feliz com a demissão da ex-jogador de vôlei Ana Moser do Ministério do Esporte. Na rede social “X”, anteriormente chamada de Twitter, ela comentou a saída de Moser do primeiro escalão

“Eu ‘tb’ (também) não ‘tô’ feliz”, escreveu, nessa quinta-feira (7), em resposta ao empresário Omar Monteiro Júnior, dono do “Bar do Omar”, no Rio de Janeiro (RJ), que havia relatado, na web, descontentamento com a exoneração da ex-ministra.

Ana Moser deixou o Ministério do Esporte para dar lugar ao deputado federal André Fufuca (PP-MA). A mudança faz parte de uma reforma ministerial feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a fim de acomodar forças do Centrão no governo.

Houve alteração, também, no Ministério dos Portos e Aeroportos. Márcio França (PSB-SP), que era o titular da pasta, vai assumir o Ministério das Micro e Pequenas e Empresas. No lugar do socialista, entra o deputado federal Sílvio Costa Filho (Republicanos-PE).

Nessa quinta-feira, durante os festejos do Dia da Independência, o ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT-SP), minimizou os impactos da saída de Moser para as políticas públicas esportivas.

“No próprio vôlei, às vezes, acontece de o treinador ter de tirar, em certo momento do jogo, a sua maior ponta de rede para colocar um líbero, melhorar a defesa, o passe, ou enfrentar um momento do jogo. Estamos tendo uma mudança de quem está na quadra, mas não mudam os compromissos com o esporte brasileiro”, garantiu.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais