Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

TSE inicia teste público de segurança das urnas visando eleições de 2024

Até sexta, 36 investigadores devem executar planos nos sistemas dos aparelhos

Todas as ações incluirão mecanismos usados em gerações de mídias, votações, apurações, transmissões e recebimento de arquivos

Todas as ações incluirão mecanismos usados em gerações de mídias, votações, apurações, transmissões e recebimento de arquivos

Antonio Augusto/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) inicia, nesta segunda-feira (27/11), o Teste Público de Segurança da Urna Eletrônica de 2023. O tribunal reuniu 36 investigadores para a ação. Até sexta-feira, eles devem executar 31 planos nos sistemas que serão usados nas eleições municipais do ano que vem.

Os participantes do teste poderão acessar componentes internos e externos das urnas. Todas as ações incluirão mecanismos usados em gerações de mídias, votações, apurações, transmissões e recebimento de arquivos.

Os investigadores já estiveram no TSE em outubro. Na ocasião, eles analisaram o código-fonte da urna, que também está aberto para inspeção de entidades autorizadas a fiscalizar o processo eleitoral.

É proibido entrar com aparelhos celulares no ambiente exclusivo destinado à realização do TPS. A entrada de outros equipamentos ou dispositivos, desde que não tenham acesso à internet, está sujeita à autorização de representante da Comissão Reguladora.

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais