Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Em Brasília, sensitivo se reúne com candidatos à PBH, faz previsão para 2024 e fala sobre situação de Bolsonaro

Segundo o vidente mineiro Rodrigo Tudor, o próximo prefeito de BH “será um jornalista” e o mapa astral de Bolsonaro está “terrível”

O sensitivo mineiro Rodrigo Tudor está mais uma vez na capital federal. É a segunda vez, em um mês, que o vidente é visto em gabinetes do Congresso Nacional.

Nesta terça (20) e quarta (21), Tudor se reuniu com a deputada federal Duda Salabert (PDT-MG) e com o senador Carlos Viana (Podemos-MG), ambos pré-candidatos à prefeitura de Belo Horizonte.

O sensitivo disse à coluna, que o próximo prefeito de Belo Horizonte “será um jornalista” e que pode ser alguém já cotado ou “um azarão”.

O guru é conhecido entre os políticos em Brasília e atende autoridades nos três poderes: executivo, legislativo e judiciário.

Bolsonaro

Às vésperas no julgamento, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que pode tornar Jair Bolsonaro (PL) inelegível, o ex-presidente tinha uma audiência marcada com Tudor. Segundo o vidente, a agenda foi desmarcada na manhã desta quarta (21).

O ex-presidente é acusado de ter feito uso político do Palácio da Alvorada quando, no período eleitoral, convidou embaixadores de vários países e discursou contra as urnas eletrônicas brasileiras. Se for condenado, Bolsonaro fica inelegível por 8 anos. Bolsonaristas estão pessimistas quanto ao resultado e muitos acreditam em um placar de 6X1 contra o político. Caso algum ministro peça vista (mais tempo para análise), o julgamento pode ser adiado.

O sensitivo disse à coluna que o mapa de Bolsonaro está “terrível, momento muito difícil”.

Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e também diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais