Ouvindo...

Times

Eleições presidenciais: Amorim se reúne com chanceler da Venezuela

O assessor especial da Presidência da República e ex-chanceler, Celso Amorim, se reuniu, na tarde desta quarta-feira (24), com o chanceler da Venezuela e com o embaixador da Venezuela no Brasil

O assessor especial da Presidência da República e ex-chanceler, Celso Amorim, se reuniu, por cerca de uma hora, na tarde desta quarta-feira (24), com o chanceler da Venezuela, Yván Gil, e com o embaixador da Venezuela no Brasil, Manuel Vadell. No encontro, realizado no Palácio do Planalto, foram discutidos temas bilaterais, incluindo o processo político na Venezuela, que deve realizar eleições presidenciais neste ano. A disputa por Essequibo, entre a Venezuela e a Guiana, que será tema de uma reunião no Itamaraty, nesta quinta-feira (25), não foi tratada no encontro.

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, e o chanceler de São Vicente e Granadinas, Ralph Gonsalves, irão recepcionar, na quinta-feira (24), os Chanceleres e Técnicos da Guiana e da Venezuela, para discutir a disputa entre os dois países pelo território de Essequibo, que representa 70% da Guiana. Segundo o Itamaraty, a reunião busca um caminho de diálogo para evitar um conflito armado entre a Venezuela e a Guiana por conta da disputa do território de Essequibo, que é rica em petróleo e gás.

Os representantes da Venezuela e Guiana se reuniram, pela primeira vez, em dezembro do ano passado, para discutir a disputa territorial por Essequibo, que é reivindicada pelo governo de Nicolás Maduro. O conflito teve origem no século XIX, quando o Reino Unido controlava a Guiana Britânica, estabelecendo as fronteiras que são alvo de disputa. “O Governo brasileiro valoriza o compromisso da Guiana e da Venezuela com o processo de diálogo ora em curso, facilitado por atores e mecanismos regionais. Ressalta ainda o espírito de integração que move os países da América Latina e do Caribe com vistas a consolidar a região como uma zona de paz, cooperação e solidariedade”, destacou o Itamaraty, em comunicado divulgado na terça-feira (23).

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais