Ouvindo...

Times

Conheça a Savannah, raça de gato híbrido e uma das mais caras do mundo

Gatos dessa raça são híbridos, sendo originários do cruzamento de um serval com um gato doméstico

O gato Savannah F1 do rapper MC Oruam faz sucesso, seja pela aparência semelhante a uma onça ou pelo comportamento diferente do animal, que já atacou tanto o tutor quanto a namorada dele, Fernanda Valença.

Acontece que o felino não é uma raça comum. Gatos dessa raça são híbridos, sendo originários do cruzamento de um serval com um gato doméstico. Por isso, são semelhantes a onças, mas podem ser criados como animais domésticos.

Apesar do primeiro gato dessa raça ter nascido em 7 de abril de 1986 em Phillipsburg, na Pensilvânia, segundo a National Geographic, a raça só foi reconhecida pela International Cat Association em 2001.

Leia também

Características

Os gatos Savannah vivem até 20 anos e podem pesar cerca de 11kg, medindo 60cm. Em geral, as cores do Savannah são: marrom, prata, preto e cinza. Os olhos têm tamanho médio, são ligeiramente profundos e têm marcas de lágrimas ao redor dos olhos.

Em relação ao temperamento, há quem diga que é a “versão felina de um cachorro”. Eles buscam interação social, são leais aos familiares e têm comportamentos semelhantes de gatinhos ao longo da vida.

Gerações são a chave

As gerações são a chave das raças Savannah: quanto mais próximo é do ancestral selvagem, mais caro é o filhote. Os que são Savannah F1 são os mais próximos do ancestral, já que têm pai serval e mãe doméstica. Se tiver um filhote, será F2, a terceira geração, F3, e assim por diante. O problema é que alguns deles apresentam infertilidade híbrida.

Proibidos em alguns locais

Em alguns locais dos Estados Unidos, devido a leis que impedem a posse de animais de estimação exóticos, há restrições em relação à criação de gatos Savannah. São eles: Alasca, Dalaware, Geórgia, Idaho, Iowa, Nova York, Nebraska, New Hampshire, Massachusetts, Rode Island, Texas, Vermont e Havaí.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais