Ouça a rádio

Compartilhe

Lula indica que não pretende disputar a reeleição em 2026, caso seja eleito este ano

Ex-presidente petista afirmou que, se vencer eleição em outubro, terá 'só quatro anos' no Palácio do Planalto 

Ex-presidente Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta sexta-feira (1), em entrevista Metrópole, da Bahia, que terá apenas quatro anos de governo, caso seja eleito em outubro e que não pensará na reeleição. 

“Daqui a quatro anos vamos ter gente nova disputando a eleição e sendo candidato a presidente. O que quero é deixar o país preparado. Não vou ser um presidente que está pensando em sua reeleição, vou ser um presidente que vai governar por quatro anos para deixar esse país tinindo”, disse Lula. 

O petista fez a indicação de que, se eleito, não tentará uma reeleição por três vezes ao longo da entrevista, mesmo não tendo sido perguntado sobre uma possível reeleição em 2016. 

“Tenho quatro anos que quero dedicar cada minuto para ver se conseguimos fazer em quatro anos mais do que eu fiz em oito anos”, disse ao ser perguntado sobre a relação com os governadores e prefeitos. “Só tenho quatro anos”, concluiu. 

Retomar o controle do orçamento 

O ex-presidente afirmou que o Congresso Nacional se apoderou do orçamento federal e que, se eleito, pretende retomar a normalidade na relação com o Poder Legislativo. 

“É a primeira vez na história do Brasil que um Congresso se apodera do orçamento e tem o poder de liberar dinheiro sequer sem falar com os ministros. Às vezes tem mais dinheiro do que o próprio presidente da República para fazer investimentos. Isso nunca aconteceu na história do Brasil. O Congresso se apoderou do orçamento da União. Temos que restabelecer a normalidade no Brasil”, afirmou o petista.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store