Ouvindo...

Times

Governo Federal está de prontidão para reconstruir bairros, diz Alckmin sobre Maceió

O presidente em exercício, Geraldo Alckmin, disse nesta sexta-feira (1) que a estrutura federal está à disposição para auxiliar o governo de Alagoas e a prefeitura de Maceió

O presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou nesta sexta-feira (1) que a comitiva federal que acompanha a situação de Maceió, está em contato com o governador de Alagoas, Paulo Dantas (MDB), e com o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PL), para tratar das ações emergenciais que auxiliem a população afetada com o risco de abertura de crateras na capital alagoana. Segundo informações do governo de Alagoas, cinco abalos sísmicos foram registrados em novembro. A situação se intensificou na última quarta-feira (29). Cerca de 40 mil pessoas, que vivem em cinco bairros, tiveram que deixar suas casas devido ao risco de abertura de crateras.

Em uma publicação nas redes sociais, Alckmin afirmou que o governo federal está de prontidão para adotar medidas emergenciais que auxiliem as famílias atingidas e para atuar na reconstrução dos bairros.

O ministro dos Transportes, Renan Filho (MDB-AL), que foi governador de Alagoas por dois mandatos, lidera a equipe ministerial, que também conta com representantes dos ministérios de Minas e Energia, das Cidades, da Integração e Desenvolvimento Regional, além de técnicos do Serviço Geológico do Brasil e da Defesa Civil Nacional. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), também acompanha os desdobramentos, assim como seu rival político, o líder da Maioria no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL).

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, reconheceu nesta sexta-feira (1) a situação de emergência na capital alagoana, que corre risco iminente de abertura de crateras em decorrência da possibilidade de colapso de uma mina de exploração de sal-gema, que é de responsabilidade da Braskem. A decisão deve ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União desta sexta-feira (1).

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais