Ouvindo...

Times

CPIs da Câmara entram na reta final de funcionamento

Três colegiados devem encerrar as atividades ainda esta semana. A CPI das Americanas não apontou culpados pelas inconsistências financeiras de R$ 20 bilhões apresentadas pela empresa

As três CPIs instaladas pela Câmara dos Deputados para apurar a atuação do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), as inconsistências financeiras das Americanas e a manipulação de jogos de futebol e apostas esportivas devem encerrar as atividades esta semana. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), estendeu o prazo até o fim desta semana atendendo ao pedido da cúpula das três CPIs, que alegaram que os trabalhos foram prejudicados durante a semana em que a Câmara implementou o período de esforço concentrado, para votar pautas da área econômica de interesse do governo.

A CPI das Americanas deve votar o relatório nesta terça-feira (19), em reunião marcada para às 15h. O relator, deputado Carlos Chiodini (MDB-SC), não pediu o indiciamento de ninguém. Em janeiro deste ano, a Americanas anunciou inconsistências financeiras de R$ 20 bilhões, além de uma dívida de R$ 43 bilhões. A empresa ingressou com pedido de recuperação judicial. No parecer, o parlamentar diz que, embora as evidências apontem para um dos maiores escândalos contábeis já vivenciados, não foi possível identificar culpados.

A CPI das apostas esportivas e manipulação nos jogos de futebol se reúne nesta terça-feira, às 14h, para ouvir o jogador Luiz Henrique, do Real Betis da Espanha, além de representantes de empresas de apostas esportivas. Existe a expectativa de o colegiado ouvir esta semana o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues. Já a CPI do MST, ainda não definiu a data e o horário da próxima reunião.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais