Ouvindo...

Times

Lula defende regulação de redes sociais para combater desinformação e fake news

Presidente enviou uma carta nesta quarta-feira (22) para evento organizado pela ONU

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enviou uma carta para a Unesco, entidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, defendendo a regulação das redes sociais como forma para combater a desinformação.

Veja mais: Finlândia combate fake news desde o ensino básico

O fórum da Unesco acontece nesta quarta-feira (22) em Paris, na França, e tem como objetivo debater propostas para combater as fake news. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e o influenciador Felipe Neto também participam do evento.

Em sua carta, Lula diz que o ambiente digital causou riscos à democracia e à saúde pública nos últimos anos.

“O discurso de ódio faz vítimas todos os dias. Além disso, os mais vitimizados são os setores mais vulneráveis de nossas sociedades”, disse.

O presidente lembrou os ataques às sedes dos Três Poderes, no dia 8 de janeiro, em Brasília, e afirmou que os atos foram resultados de uma campanha de mentiras.

“Em grande medida, esta campanha foi alimentada, organizada e divulgada através de várias plataformas digitais e aplicativos de mensagens. O mesmo método foi usado para gerar atos de violência em outras partes do mundo. Isso deve parar”, disse Lula.

Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Leia mais