Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ceará e Fortaleza decidem Cearense em confronto que pode entrar para a história

Se ganhar, Leão será o primeiro hexacampeão do torneio que é disputado desde 1915; Vozão tenta reaver taça que não levanta desde 2018

A finalíssima do Campeonato Cearense de 2024, neste sábado (6), pode devolver ao Ceará uma taça estadual, depois de seis anos, ou dar ao Fortaleza uma marca inédita na história da competição. O jogo na Arena Castelão, na capital cearense, começa às 16h40 (de Brasília).

Se ganhar, o Fortaleza conquistará o hexacampeonato, o sexto título seguido, algo que nunca aconteceu no Cearense, disputado regularmente desde 1915. O Leão venceu todas as edições desde 2019.

Para o Ceará, mandante do confronto por ter tido a melhor campanha, vale recuperar a hegemonia local, impedir que o rival alcance uma marca histórica e também o empate em números totais de títulos do Cearense, hoje em 46 a 45 para o Fortaleza.

Como houve empate por 0 a 0 no primeiro confronto da final, no sábado passado (30), quem ganhar será o campeão cearense. Nova igualdade e o campeão será conhecido nas cobranças de pênaltis.

São esperadas mais de 50 mil pessoas no Castelão.

“Foi uma semana muito produtiva, com muita conversa, muitos detalhes para serem resolvidos. Muito importante ter esse tempo e a gente trabalhou bastante. Uma semana muito bem trabalhada sim para colocarmos os pingos nos is para chegarmos mais fortes nessa final”, disse o volante Lourenço, do Ceará.

Os rivais adotaram estratégias diferentes na semana do Clássico-Rei. O Ceará colocou dois jogadores para dar entrevista, Lourenço e Lucas Mugni, enquanto o Fortaleza preferiu o silêncio. O Vozão também abriu, nesta sexta-feira (5), o treinamento para os torcedores.

Os times

No Ceará, o zagueiro Ramon Menezes, que tem sido titular, e o atacante uruguaio Facundo Castro têm problemas musculares e não participaram do último treinamento antes do confronto contra o arquirrival, nesta sexta-feira (5) pela manhã. Ambos não devem estar à disposição.

O meia Guilherme Castilho, ex-Atlético, participou do trabalho e está recuperado da lesão sofrida justamente em um Clássico-Rei, o de 20 de março, pela Copa do Nordeste, com vitória de 1 a 0 do Ceará. Ele deve iniciar a partida entre os titulares.

No Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda não terá à disposição o meia-atacante Calebe e o volante Matheus Rossetto, ambos com problemas musculares. A tendência é que o treinador mantenha um esquema com três zagueiros, utilizado inclusive na primeira partida da decisão.

No meio de campo é provável que Hércules seja mantido entre os titulares. O jogador ficou quase nove meses sem atuar, devido a uma grave lesão no joelho, e retornou bem ao time titular no Clássico-Rei da primeira partida final. No ataque, Lucero deve ter a companhia de Marinho e Moisés.

Ceará x Fortaleza

Ceará

Richard; Raí Ramos, Matheus Felipe, David Ricardo e Matheus Bahia; Richardson, Lourenço e Guilherme Castilho; Erick Pulga, Facundo Barceló e Aylon. Técnico: Vágner Mancini.

Fortaleza

João Ricardo; Brítez, Kuscevic e Titi; Tinga, Zé Welison, Hércules e Machuca; Marinho, Lucero e Moisés. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Motivo: segundo jogo da final do Campeonato Cearense
Data e horário: 6 de abril de 2024 (sábado), às 16h40 (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Transmissão: TVs Verdes Mares e Ceará (somente para território cearense), Ge.com (internet), Canal GOAT (Youtube) e canal da FCF no Youtube (para o exterior).

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais