Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Fortaleza e Ceará empatam no primeiro jogo da final do Cearense

Não teve gols neste sábado, na Arena Castelão; quem ganhar confronto da semana que vem será o campeão estadual de 2024, empate leva a definição para os pênaltis

Fortaleza e Ceará não saíram do zero no primeiro jogo da final do Campeonato Cearense. O confronto foi realizado neste sábado (30), na Arena Castelão, na capital cearense.

Com mando do Leão, que teve mais torcedores no estádio, a partida foi menos intensa do que os confrontos anteriores em 2024, pelo Estadual (3 a 3) e Copa do Nordeste (1 a 0 para o Vozão).

A definição do campeão cearense de 2024 será no próximo sábado (6), também no Castelão, às 16h40 (de Brasília). Quem ganhar levanta a taça, se houver empate o vencedor será conhecido após cobranças de pênaltis.

O Fortaleza tenta ser o primeiro hexacampeão cearense na história da competição, disputada desde 1915. O Ceará tenta interromper a hegemonia do rival e ganhar o Cearense pela primeira vez desde 2018.

O jogo

O técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, inovou na escalação de seu time. Colocou três zagueiros, Britez, Kuscevic e Titi, e dois alas bem abertos, Dudu, na direita, e Bruno Pacheco, na esquerda, este recuperado de lesão.

No meio de campo, três volantes: Zé Welison, Lucas e Sasha e Hércules, que atuou mais adiantado. Ele foi titular pela primeira vez após se recuperar de uma grave lesão no joelho que o tirou de campo por quase nove meses.

Mancini manteve a base que vem jogando, se Guilherme Castilho, machucado. Diferentemente dos dois outros encontros no ano, o Ceará não teve tanto ímpeto ofensivo, esperando mais o Fortaleza.

O jogo tenso teve poucas chances de gol na primeira etapa.

Vojvoda sacou Moisés, colocou Marinho, e o Fortaleza iniciou o segundo tempo pressionando um assustado Ceará. Mancini precisou até sacar o volante Richardson, que completava o jogo de número 250 pelo Vozão, porque ele já tinha cartão amarelo e estava cometendo faltas próximas à área.

O Ceará conseguiu diminuir o ímpeto do Fortaleza, ficando mais com a posse e esfriando a partida. E na melhor chance do jogo, e um contra-ataque, Saulo Mineiro ganhou da zaga, entrou sozinho na área, mas finalizou em cima de João Ricardo. O goleiro do Leão ainda faria difícil defesa em chute de Erick Pulga.

Antes da finalíssima do próximo sábado (6), o Fortaleza estreia na Copa Sul-Americana de 2024. Na quarta-feira (3) enfrenta o Sportivo Trinidense, no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai. O jogo será às 21h (de Brasília).

Fortaleza 0 x 0 Ceará

Fortaleza

João Ricardo; Britez, Kuscevic e Titi; Dudu (Yago Pikachu), Zé Welison, Lucas Sasha, Hércules (Calebe) (Pochettino) e Bruno Pacheco; Lucero (Thiago Galhardo) e Moisés (Marinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Ceará

Richard; Raí Ramos, Matheus Felipe, Ramon Menezes e Matheus Bahia (Paulo Victor); Richardson (Jean Irmer), Lourenço e Lucas Mugni (Bruninho); Erick Pulga, Facundo Barceló (Saulo Mineiro) e Aylon. Técnico: Vágner Mancini.

Cartões Amarelos
Titi, Lucero, Bruno Pacheco, Britez (Fortaleza); Ramon Menezes, Richardson, Lucas Mugni, Jean Irmer, Raí Ramos (Ceará)

Público: 33.131 presentes
Renda: R$ 777.971,00

Motivo: primeiro jogo da final do Campeonato Cearense
Data e horário: 30 de março de 2024 (sábado), às 16h40 (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza

Árbitro: Ramon Abatti (SC)
Auxiliares: Rodrigo Correa (RJ) e Alex Ang (SP)
VAR: Wagner Reway (ES)

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais