Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

‘Independente de ideologias, estão todos na mesa para discutir a solução para dívida de MG’, diz Tadeu Leite

Presidente da ALMG participa das negociações intermediadas pelo senador Rodrigo Pacheco entre governo de Minas e União

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Tadeu Martins Leite (MDB), afirmou que as diferenças ideológicas e partidárias tem ficado de lado nas discussões que acontecem em Brasília para buscar uma solução para a dívida de Minas Gerais com a União.

Em entrevista exclusiva para a Itatiaia, na manhã desta quarta-feira (22), Tadeu Leite afirmou que uma alternativa para resolver o rombo no estado será um caminho melhor do que a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), que empurraria a dívida para o futuro.

Ele está em Brasília e participa das negociações, intermediadas pelo presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD), entre os governos Lula e Zema.

Veja mais:

“A diferença principal é que no plano para adesão ao Regime de Recuperação, que recebemos apenas no último dia 17 do mês passado, enxergamos que o regime dá um alívio para que o estado reajuste seu orçamento, mas no final do 9ª ano, teremos uma dívida ainda maior, de R$ 210 bilhões. Nessa outra sugestão, em 12 anos, Minas estará com o nome limpo”, explicou o presidente da ALMG.

O parlamentar ressaltou que tanto por parte da União quanto por parte do governo estadual já ficou claro o consenso para se buscar uma negociação sobre o débito de R$160 bilhões do governo mineiro.

“Hoje estamos em um ambiente político muito favorável para que consigamos resolver de vez esse problema da dívida. Todos os atores políticos do estado estão imbuídos, sentados na mesma mesa, independente de ideologias partidárias, para tentar discutir esse tema que é o maior de Minas Gerais hoje. Esse é o problema central de Minas, estamos falando de uma dívida de R$160 bilhões.

Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e também diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais