Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Complicações na quimioterapia apresentadas pelo campeão olímpico Pampa são raras, entenda

Ex-jogador precisou ser entubado e está na UTI, ele trata um linfoma

As complicações apresentadas pelo campeão olímpico Pampa durante tratamento de quimioterapia são consideradas raras. A Itatiaia ouviu a médica Maria Helena Rangel, oncologista da Oncoclínicas, que explicou em que situações a quimioterapia pode gerar reações.

  • Como é aplicada a quimioterapia?

A quimioterapia é um dos procedimentos dentro do arsenal de tratamento do câncer. Ela é um tratamento venoso, ou seja, a gente dá ao paciente como se fosse um soro, direto na veia com uso de agulha e sonda. Como ela é feita por meio de uma infusão, pode acontecer o que chamamos de reação infusional.

  • O que é a reação infusional?

A reação infusional é como se fosse uma reação alérgica a essa injeção de medicamentos diretamente na veia, na corrente sanguínea. Não é exatamente como uma alergia, mas pode ocorrer. É importante ressaltar que essas reações são raras e, por causa delas, a gente tem um preparo.

  • Como é esse preparo?

Antes de começar a quimioterapia, é ministrado um outro medicamento, como um antialérgico, um corticóide ou até mesmo um remédio para o estômago ou contra náuseas. O importante é a gente saber que essas reações são super raras e que por isso que a gente precisa fazer quimioterapia em um ambiente seguro que tenha um médico e que saiba lidar com esse tipo de efeito colateral.

Leia também

Caso Pampa

André Felippe Falbo Ferreita, o Pampa, campeão olímpico em 1992 pela Seleção Brasileira de vôlei, está internado na UTI em um hospital de Campos dos Goytacazes. Segundo informações do Portal Léo Dias, ele foi entubado depois de ter complicações causadas pela quimioterapia. Ele tem 59 anos e trata um linfoma.

O ex-atleta está internado há 35 dias. Agora, Pampa espera a liberação de seu plano de saúde para ser transferido via UTI aérea para outro hospital, em São Paulo.

Pampa nasceu em Recife e disputou a primeira Olimpíada em 1988, nos Jogos de Seul.

Na edição seguinte, em Barcelona (1992), ele fez parte da seleção que conquistou o Ouro Olímpico no vôlei.


Participe dos canais da Itatiaia:

Coordenadora de jornalismo digital na Itatiaia. Jornalista formada pela UFMG, com mestrado profissional em comunicação digital e estratégias de comunicação na Sorbonne, em Paris. Anteriormente foi Chefe de Reportagem na Globo em Minas e produtora dos jornais exibidos em rede nacional.
Leia mais