Ouvindo...

Times

brasileiros detidos na Venezuela passarão por audiência na terça-feira (23), diz Itamaraty

O Ministério das Relações Exteriores informou, nesta quinta-feira (18), que os 18 brasileiros foram presos na Venezuela pela prática de garimpo ilegal

Os 18 brasileiros que foram presos na Venezuela pela prática de garimpo ilegal, passarão por audiência na próxima terça-feira (23). Segundo informações divulgadas pelo Ministério das Relações Exteriores, nesta quinta-feira (18), os 18 brasileiros, entre os quais duas mulheres, foram detidos pela Guarda Nacional Bolivariana, na fronteira da Venezuela com a Guiana, em novembro de 2023. O grupo foi conduzido para a cidade de San Félix, na Venezuela, onde aguardará o julgamento.

O Itamaraty informou que a embaixada brasileira acompanha o caso, oferecendo assessoria jurídica aos detidos. A representação brasileira na Venezuela foi instruída pelo Itamaraty a visitar os presos e verificar as condições de encarceramento, além de buscar mais detalhes sobre o processo. A audiência, que deveria ter sido realizada na terça-feira (16) foi adiada para a próxima terça (23). Na ocasião, segundo o Itamaraty, o Vice-Cônsul da Embaixada deverá, novamente, se deslocar à cidade de San Felix para acompanhar o caso.

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, se reuniu com o chanceler Mauro Vieira, na quarta-feira (17), no Palácio do Itamaraty, para tratar da situação de 18 brasileiros que estão detidos na Venezuela. O ministro detalhou, em uma publicação nas redes sociais, que todos são maranhenses. “Seguiremos acompanhando o caso e dando toda a ajuda possível”, afirmou Juscelino Filho.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais