Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Mercosul deve concluir acordo com União Europeia até fevereiro, diz chanceler

Contrariando expectativa do governo brasileiro, Cúpula do Mercosul termina sem assinatura do acordo

mauro-vieira-mercosul-uniao-europeia.jpeg

Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, disse que trabalho para conclusão do acordo entre Mercosul e União Europeia deve ir até fevereiro

Marden Matos - MRE/AIG

Depois de um banho de água fria com a declaração do presidente da França Emmanuel Macron contra o acordo entre o Mercosul e a União Europeia, o chanceler brasileiro Mauro Vieira disse que o trabalho em conjunto entre a união aduaneira e o bloco econômico continuam.

“Não mudou nada, continuamos negociando e conversando. O presidente Macron expressou as posições dele, como presidente da França, tendo em vista a posição do setor agrícola francês”, disse o ministro das Relações Exteriores em entrevista coletiva durante a Cúpula do Mercosul, no Rio de Janeiro.

O encontro terminou nesta quinta-feira (7) sem a assinatura do acordo entre Mercosul e União Europeia, contrariando a expectativa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que confidenciou ter planejado convidar a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ao encontro na capital fluminense.

“Agora, não mudou nada, estamos conversando até que ou se conclua [o acordo] ou que se chegue à conclusão de que não é possível firmar esse acordo. Mas estamos trabalhando. Vamos terminar de negociar a parte comercial do acordo, depois tem a parte formal de assinatura, tradução de todos os idiomas, mas esperamos terminar até fevereiro”, afirmou.

Com a conclusão do acordo, ele somente terá validade quando (e se) for aprovado pelos Parlamentos de todos os países integrantes do Mercosul e da União Europeia.

Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia, podcaster no “Abrindo o Jogo” e mestre em ciência política pela UFMG. Graduou-se pelo Uni-BH e diplomou-se em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi produtora e apresentadora. Em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Editor de política. Foi repórter no jornal O Tempo e no Portal R7 e atuou no Governo de Minas. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tem MBA em Jornalismo de Dados pelo IDP.
Leia mais