Ouvindo...

Times

Janones critica ministro da Secom e dá dicas ao governo sobre estratégia nas redes sociais

Deputado mineiro também se envolveu em bate-boca com perfil que seria de servidor da equipe de comunicação da Presidência da República

Apoiador do governo Lula (PT), o deputado federal André Janones (Avante-MG) criticou publicamente nesta quarta-feira (24) o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom), Paulo Pimenta (PT-RS), assim como o trabalho realizado pela pasta. Ele também deu dicas ao perfil oficial do governo federal sobre como obter mais alcance nas redes sociais.

Janones se notabilizou nos últimos anos por sua popularidade principalmente no Facebook. O parlamentar foi um dos principais cabos eleitorais de Lula nas redes sociais durante a disputa com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no ano passado.

Durante a tarde, Paulo Pimenta fez uma publicação no Twitter para divulgar que estava em uma reunião na Câmara dos Deputados com o link do Youtube para que os usuários pudessem acompanhar ao vivo.

“Não coloque link de uma rede em outra. Isso reduz em cerca de 90 % o alcance da publicação. É o BÁSICO!”, comentou Janones na publicação.

Em seguida, a conta do ministro fez outra publicação no Twitter e, junto com um vídeo da participação dele na Câmara, escreveu: “Ministro Paulo Pimenta apresenta planos do governo na área de comunicação”.

Janones voltou a rebater. “Escreva em primeira pessoa. Rede social é local de intimismo. Pra se aumentar o engajamento, se faz necessário criar uma sensação de pertencimento no usuário, ainda que não seja Vossa Excelência quem está digitando. Isso é o ‘beabá’ das redes sociais”, disse o deputado mineiro.

Em resposta, a conta de Paulo Pimenta justificou a estratégia. “O ministro está ao vivo, quem tuita é a assessoria. Portanto em terceira pessoa. Estamos juntos Deputado, temos um governo e um País para construir.

Janones, então, abaixou o tom. “Vivendo e aprendendo! Obrigado pelo e ensinamento e parabéns pelo sucesso na comunicação, em especial nas redes. Estamos juntos”, publicou.

Bate-boca com assessor

Além das interações com a conta de Paulo Pimenta, Janones também se envolveu em uma discussão com um usuário que seria integrante da equipe da Secom. Porém, os tuítes do suposto servidor não estão mais disponíveis porque o perfil foi excluído.

“Agora que entendi. Perdão. Não tinha visto que trabalha na SECOM. Ta explicando, você é um dos responsáveis por essa comunicação ‘brilhante’ retiro o que disse, e a propósito: se puder me dar aula, eu humildemente aceito. Quero aprender contigo demais! Abração!”, disse Janones em uma resposta ao suposto integrante da equipe de comunicação do Planalto.

O deputado mineiro também se dedicou a criticar o perfil oficial do governo federal. “Falem em linguagem popular. Cartas credencias ? Ninguém sabe o que é isso! Deixem o elitismo intelectual de lado e voltem pro chão da fábrica! Só com o apoio popular poderemos sair das garras do centrão!”, disse ele em uma publicação do perfil “govbr”.

“689 visualizações! É oficialmente a pior comunicação da história da república! Só minha última live, bateu mais de 700 mil visualizações e quase 30 mil compartilhamento! E eu sou apenas um DEPUTADO e nem equipe de comunicação tenho! SURREAL!”, comentou Janones em outro vídeo publicado pelo perfil oficial do governo.

Leia mais