Ouvindo...

Times

Queda da ponte em Baltimore: autoridades dos EUA dão seis desaparecidos como mortos

Embarcação que bateu em ponte, estava a caminho de Porto Colombo e deveria chegar no dia 22 de abril; das oito vitimas, duas foram resgatadas com vida

Sem esperança de encontrar sobreviventes, os esforços de resgate para encontrar vivos, os 6 trabalhadores desaparecidos pela queda de uma ponte em Baltimore, um dos portos mais movimentados dos Estados Unidos, foram suspensos na noite dessa terça-feira (26).

As autoridades americanas acreditam que as vítimas não sobreviveram, principalmente devido à temperatura da água. Agora, os mergulhadores voltarão à água nesta quarta-feira (27), em busca dos corpos.

“Com base na duração das buscas, na temperatura da água neste momento, não acreditamos que vamos encontrar essas pessoas com vida”, declarou o vice-almirante da Guarda-Costeira Shannon Gilreath, em entrevista coletiva sobre os trabalhos na ponte Francis Scott Key.

Entre as vítimas estão pai de três filhos, de El Salvador, assim como um pai de dois filhos, de Honduras – ambos moravam nos EUA há quase duas décadas. Dois guatemaltecos estão entre os desaparecidos e alguns são cidadãos mexicanos.

O secretário dos Transportes do estado de Maryland, Paul Wiedefeld, disse que os operários trabalhavam para “reparar buracos” no asfalto, sem relação com um problema estrutural da ponte.

Leia mais: Veja imagens de como ficou ponte em Baltimore atingida por navio
Navio que bateu e causou queda de ponte nos EUA apresentou defeito em 2023

Agora com os esforços de resgate cancelados, os investigadores esperam embarcar no navio para recuperar o gravador de dados. O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes, que lidera a investigação do acidente, será o responsável pela investigação.

O secretário dos Transportes do estado de Maryland, Paul Wiedefeld, disse que os operários trabalhavam para “reparar buracos” no asfalto, sem relação com um problema estrutural da ponte.

A queda da ponte

A ponte foi atingida por um navio na madrugada dessa terça-feira (26), em Baltimore e desmoronou no rio Patapsco. Segundo autoridades, a embarcação perdeu a energia e emitiu um pedido de socorro momentos antes, porém sua velocidade era tão rápida, que não foi possível desviar ou mudar a rota.

O presidente Joe Biden classificou o ocorrido de “terrível acidente” e prometeu reconstruir a infraestrutura quanto antes, mas isto “levará um tempo”.

“Estou dando instruções para minha equipe para que mova montanhas para reabrir o porto e reconstruir a ponte o mais rápido possível”, disse Biden em um breve discurso na Casa Branca.

Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e na Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia e apresenta o ‘Tá Sabendo’ no Instagram da Itatiaia.
Leia mais