Ouvindo...

Times

Marcão assume o Fluminense de forma interina, mas sem ‘prazo de validade’

Tricolor não terá pressa no mercado para contratar um novo técnico e entende que o interino tem totais condições de conduzir a equipe

O Fluminense não mostrará pressa no mercado para anunciar o novo treinador. O clube confirmou, de forma interina, Marcão como comandante para o duelo contra o Vitória, na quinta-feira (27), mas ele pode ficar por mais tempo. Se tiver um bom aproveitamento, pode ser o técnico até dezembro.

A diretoria entende que Marcão pode conduzir o elenco da melhor maneira possível, uma vez que conhece tudo dentro do clube. Além disso, a troca de Fernando Diniz não significa uma troca de filosofia.

Leia também

O departamento de futebol entende que o interino pode dar seguimento ao trabalho de Diniz, mas recuperar a parte psicológica do elenco, sem mudar o jeito de jogar. Uma mudança de postura dentro de campo é de suma importância e de extrema urgência.

Ídolo do clube como jogador, Marcão chega a sua terceira passagem como treinador interino. Membro da comissão técnica fixa, já comandou o Fluminense em 66 jogos divididos por três passagens no comando do Flu.

Em 2021, quando acumulou o melhor aproveitamento em suas passagens. Foram 61,1%, com seis vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas em 12 jogos. Ele levou o Tricolor para a Copa Libertadores de 2022.

O Fluminense somou apenas seis pontos em 11 jogos com Fernando Diniz na atual edição da Série A do Campeonato Brasileiro. Na Copa Libertadores, o Tricolor foi líder do Grupo A e vai encarar o Grêmio, nas oitavas de final da competição.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais