Ouvindo...

Times

Premiação milionária! Saiba quanto o Fortaleza recebe por título da Copa do Nordeste

Leão do Pici conquistou a taça da competição neste domingo (9), após bater o CRB na final

A conquista da Copa do Nordeste vai render ao Fortaleza o valor de R$ 2,1 milhões. O montante é parte da premiação concedida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao campeão do torneio.

O Leão do Pici sacramentou o título neste domingo (9), após perder por 2 a 0 no tempo normal e vencer o rival por 5 a 4 nas penalidades. O clube cearense tinha vencido o jogo de ida, disputado na Arena Castelão, por 2 a 0.

Somando as premiações distribuídas por todas as fases, o valor acumulado pelo Tricolor apenas com o Nordestão é de R$ 6,7 milhões. Além dos R$ 2,1 milhões pelo título, o clube recebeu R$ 3,36 milhões na primeira fase, R$ 524 mil nas quartas de final e R$ 733 mil na semifinal.

Vice-campeão, o CRB ficará com R$ 1,36 milhão de premiação, além dos R$ 5,13 milhões que já havia recebido nas fases anteriores.

Confira as premiações de cada fase

Fases preliminares

  • Fase Pré 1: R$ 125 mil
  • Fase Pré 2: R$ 185 mil

Fase de grupos

  • Pote 1: Fortaleza, Ceará, Bahia e Sport | R$ 3,36 milhões
  • Pote 2: Náutico, CRB, Vitória e ABC | R$ 2,52 milhões
  • Pote 3: Botafogo-PB, América-RN, Altos e Juazeirense | R$ 1,99 milhão
  • Pote 4: Treze, Itabaiana, River-PI e Maranhão | R$ 1,26 milhão

Mata-mata

  • Quartas de final: R$ 524 mil (8 clubes)
  • Semifinal: R$ 733 mil (4 clubes)
  • Vice-campeão: R$ 1,36 milhão
  • Campeão: R$ 2,1 milhões
Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais