Ouvindo...

Times

Tricampeão do Nordeste! Fortaleza ganha do CRB nos pênaltis e fatura nova taça

Após perder por 2 a 0, Tricolor do Pici conta com erro de Anselmo Ramon na cobrança e levanta mais uma taça regional

O Fortaleza virou um time que se acostumou a vencer e, neste domingo (9), construiu mais um capítulo de glória da história recente do clube. Dessa vez, foi de maneira dolorosa, é preciso ressaltar. A equipe não fez um bom jogo e perdeu de 2 a 0 para o CRB, com dois gols de João Neto, no estádio Rei Pelé, em Maceió. A final, então, foi para a disputa de pênaltis após o rival revidar o placar do primeiro confronto.

Na bola parada, o Tricolor do Pici levou a melhor por 5 a 4. Logo na primeira cobrança, o atacante Anselmo Ramon isolou a finalização e abriu o caminho para a conquista do time de Vojvoda.

Com o novo título do Nordestão, o Fortaleza agora se junta a Ceará e Sport como os times que somam três conquistas do torneio regional, ficando atrás apenas de Bahia e Vitória, com quatro títulos.

O título também acrescentou mais R$ 2,094 milhões de premiação ao time tricolor e já coloca o Fortaleza na terceira fase da Copa do Brasil da próxima temporada.

O jogo

CRB começa melhor

O início da partida foi protagonizado pelo Galo da Pajuçara. A equipe regatiana adiantou as linhas de marcação e dificultou a vida do Fortaleza, que ainda perdeu a sua principal peça ofensiva no início da partida.

Moisés é substituído

Logo aos três minutos de jogo, o atacante Moisés sentiu dores na coxa esquerda e foi substituído por Machuca. Em um cenário adverso, de começo de partida ruim, o Tricolor do Pici ainda perdeu o artilheiro do Nordestão, com sete gols.

Fortaleza cresce no jogo

Mas, apesar de o CRB se mostrar melhor no começo da partida, a equipe regatiana não teve uma grande chance de abrir o placar, apesar de duas reclamações por penalidades, e viu o Fortaleza encaixar o sistema de marcação, além de começar a criar as primeiras oportunidades.

A equipe de Vojvoda chegou ao gol em definições de Hércules, Yago Pikachu (de falta) e Lucero, que viu a bola finalizada bater em Fábio Alemão e quase ir direto para o gol.

Nesse novo cenrário, o CRB ficou mais acuado e só conseguiu apenas uma nova oportunidade, fruto de uma jogada individual do zagueiro Fábio Alemão, que chutou para defesa de João Paulo.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o cenário do começo do jogo parecia se repetir. O CRB foi para cima do Fortaleza e ficou mais ofensivo com a entrada do atacante João Neto. A equipe, de imediato, criou uma boa chance com Matheus Ribeiro e seria premiada logo na sequência.

CRB abre placar

O estádio Rei Pelé começou a entoar gritos de “Eu acredito!”, quando os donos da casa conseguiram abrir o placar, aos 21 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou justamente para João Neto, que chutou para o fundo das redes.

CRB se expõe e dá espaço

Com o gol, o CRB passou a se expor mais na tentativa de levar a decisão para as penalidades. Assim, deu mais espaço para o Fortaleza praticar seu jogo de saída rápida para o ataque. Nesse cenário, Bruno Pacheco chegou a criar uma boa chance, com um chute forte, que passou perto da meta.

No travessão!

Com o jogo aberto, o CRB ficou, mais uma vez, perto de balançar as redes e viu Mike acertar o travessão, após finalizar de cabeça, aos 35. A partir daí, só os donos da casa quiseram jogar.

CRB faz 2 a 0

O Galo de Pajuçara continuou em cima do Fortaleza e fez o Rei Pelé explodir outra vez com uma finalização certeira de João Neto, aos 42 minutos.

Mas, o que parecia improvável realmente aconteceu, e o CRB, heroicamente, levou a decisão da Copa do Nordeste para os pênaltis.

Disputa de pênaltis

O CRB abriu a disputa com o atacante Anselmo Ramon, que isolou a cobrança. Lucero, do Fortaleza, foi para bola na sequência e converteu com tranquilidade.

A partir de então, os atletas se alternaram acertando o gol. Foram para a finalização, pela sequência, Gegê, João Neto, Hereda e Matheus Ribeiro, do CRB, e Pedro Rocha, José Welison, Hércules e Yago Pikachu, do Fortaleza.

CRB 2 (4) x (5) 0 Fortaleza

CRB

Matheus Albino; Hereda, Saimon (Gustavo Henrique), Fábio Alemão e Matheus Ribeiro; Falcão (João Neto), João Pedro e Gegê; Labandeira (Mayke), Léo Pereira e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Fortaleza

João Ricardo; Brítez, Kusevic, Tomás Cardona e Bruno Pacheco (Tinga); Pedro Augusto (Rosseto), Hércules e Pochettino (Pedro Rocha); Yago Pikachu, Lucero e Moisés (Machuca) (Zé Welison). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gols
João Neto (aos 21min2ºT e 42min2ºT)

Cartões amarelos
João Pedro, Fábio Alemão, Matheus Ribeiro, Gegê, Falcão (CRB); Pedro Augusto, Pochettino, Vojvoda, João Ricardo, Titi, Rosseto (Fortaleza)

Cartão vermelho
Mateus Rosseto (Fortaleza)

Público: 17.762 pessoas
Renda: R$ 1.054.870,00

Motivo: jogo de volta da final da Copa do Nordeste
Data e horário: 9 de junho de 2024, às 16h30 (de Brasília)
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha Matos e Daniella Coutinho Pinto (ambos da BA)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (Fifa-RN)
Transmissão: SBT (AL e CE), ESPN, Star+ e Nosso Futebol

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais