Ouvindo...

Times

Flamengo x Atlético: VAR admite imagem inconclusiva em 2º gol dos cariocas e mantém decisão de campo

CBF divulgou o áudio das conversas entre o árbitro de vídeo e Wilton Pereira Sampaio na derrota do Galo no Maracanã

Horas após divulgar os áudios da conversa entre o árbitro Anderson Daronco e o árbitro de vídeo (VAR) no empate entre Atlético e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também tornou público a atuação do VAR nos dois gols do Flamengo sobre o Galo que eliminou o time alvinegro nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, que estava no comando do VAR, analisou dois lances capitais da partida: uma possível falta do atacante Pedro no volante Allan, na origem do primeiro gol do Flamengo, e se a bola entrou ou não no segundo gol dos rubro-negros.

Em relação ao primeiro gol, o VAR concordou com o árbitro Wilton Pereira Sampaio e não considerou falta de Pedro em Allan.

Já no segundo gol, Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro não conseguiu encontrar uma câmera que deixasse claro que a bola entrou completamente. Após 2 minutos e 10 segundos revisando o lance, o VAR admitiu não ter uma imagem conclusiva e manteve a decisão de campo, em que Wilton Pereira Sampaio deu o gol.

Confira os diálogos entre o árbitro de campo e o VAR nos dois lances:

Checagem de gol marcado (possível falta de Pedro em Allan):

Wilton Pereira Sampaio (árbitro): segue, segue. Não foi nada.

Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR): Disputa por espaço, mão de referência, não empurra, não tem golpe.

VAR: Não tem falta, tá? É uma mão de referência.

VAR: Wilton, Pablo falando. Mão de referência, ok? Não faltosa.

Wilton: Confirmado, né?

VAR: Segue a decisão de campo. Gol legal.

Checagem de gol marcado (ultrapassou ou não completamente a linha do gol):

Wilton Pereira Sampaio (árbitro): Gol, gol, gol.

Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR): Não tenho imagem clara. Segue decisão de campo, ok?

Wilton: Gol, né?

VAR: Gol

Leia mais