Ouça a rádio

Compartilhe

Ataque com drone em evento de Lula: presidente do TRE Minas diz que atuará para prevenir novos casos

Desembargador Maurício Soares tomou posse nessa quarta-feira

Drone foi apreendido pela Polícia Militar

O desembargador Maurício Soares, que tomou posse como novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE Minas) na noite dessa quarta-feira (15), disse que sua gestão vai atuar para prevenir ataques como o ocorrido em um evento com o ex-presidente Lula (PT) e ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Um drone agrícola despejou um produto utilizado para atrair moscas nos apoiadores, que acharam se tratar de fezes e urina.

“Nossa intenção é prevenir, trabalhar com a inteligência das polícias e da própria Justiça Eleitoral para antecipar esse tipo de ataque”, disse Maurício Soares.

A solenidade de posse da nova diretoria do TRE Minas ocorreu na noite dessa quarta-feira (15), na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O desembargador aponta a defesa do sistema eleitoral e o combate às fake news como os principais desafios a serem enfrentados.

“Defender o nosso sistema eletrônico de votação contra os ataques que sistematicamente tem sido feitos contra ele e também lutar contra as informações maliciosas, as fakes news", apontou.

O novo presidente do TRE diz que um grupo de trabalho do tribunal prepara ações contra as notícias falsas. “Estamos também fazendo parte de um grupo nacional, juntamente com o TSE, nesse combate no que tange aos temas nacionais. Estamos em parceria com as mídias digitais, exatamente para tentar inibir a divulgação em massa desses conteúdos maliciosos.

Além de Maurício Soares, o desembargador Octavio Augusto De Nigris Boccalini foi empossado como vice-presidente do TRE. Eles ficam nos cargos até junho de 2023.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido