Ouvindo...

Times

Aluno de 13 anos esfaqueia colegas em escola de Belo Horizonte

Ataque é registrado na Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, bairro Ipiranga, região Nordeste da capital

Um aluno de 13 anos esfaqueou dois colegas, de 12 e 13 anos, dentro da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, no bairro Ipiranga, região Nordeste de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (17).

Uma das vítimas, uma estudante de 12 anos, disse aos policiais que o ataque ocorreu na hora do intervalo. O suspeito chegou pelas costas e a golpeou várias vezes. A outra vítima é um menino, de 13 anos, que estava junto com a colega, tentou ajudá-la e foi atingido na mão direita. Conforme relato dele, o autor ainda tentou acertar outros estudantes, mas não conseguiu.

Leia também

Os dois feridos correram para a sala da diretoria, onde receberam os primeiros socorros. Aos policiais, a vice-diretora disse que houve gritaria e correria.

O autor foi apreendido e disse à polícia que não lembrava o que tinha ocorrido. Ele não tinha histórico de agressões.

Os dois estudantes foram levados para o hospital Odilon Behrens. O médico responsável pelo atendimento informou aos policiais que a aluna teve três perfurações nas costas, sendo uma delas profunda, na região da lombar. O estado de saúde é estável, mas com necessidade de exames complementares para avaliar a necessidade de cirurgia.

O Boletim de Ocorrência (BO) não informa sobre o aluno atingido na mão.

Em nota enviada à Itatiaia, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que os dois alunos feridos foram atendidos e um deles já foi liberado. Sobre o estudante agressor, de 13 anos, a PBH afirmou ele tem Transtorno do Espectro Autista e é acompanhado pela escola por um professor de apoio. Veja a nota na íntegra abaixo:

‘A Prefeitura de Belo Horizonte informa que dois alunos, de 12 e 13 anos, da Escola Municipal Governador Carlos Lacerda, no bairro Ipiranga, foram socorridos para o Hospital Odilon Behrens após agressão ocorrida na instituição de ensino nesta segunda-feira. As vítimas foram atendidas e uma delas já foi liberada.

O aluno agressor também estuda na escola e teria atingido os colegas durante o intervalo das aulas. De acordo com laudo médico apresentado à escola pela família, o aluno, de 13 anos, foi diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista e atraso mental. Ele é acompanhado na instituição por um professor de apoio.

O adolescente foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional em companhia da mãe e de um responsável da Regional de Educação Nordeste. A Prefeitura de Belo Horizonte está dando todo o suporte para os estudantes agredidos e suas famílias’.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais