Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Maior dinossauro do Brasil, cicloturismo, café e história: conheça as três rotas apresentadas por Minas na WTM

Triângulo Mineiro, Vales do Jequitinhonha e Mucuri e Alto Paranaíba concentram atrativos para todos os públicos

Além da cozinha mineira e do jeito acolhedor, representados no stand de Minas Gerais na WTM (World Travel Marketing Latin America), maior feira de turismo da América Latina, três rotas turísticas do estado foram destaque.

Dinossauros, cicloturismo, paisagens naturais, religiosidade… as três rotas têm atrativos para todos os gostos. Conheça e prepare sua viagem:

Rota Geoparque Uberaba

Você conhece a ‘Terra dos Gigantes’? Esse é outro nome para a cidade de Uberaba, no Triângulo Mineiro. A cidade agora faz parte da rede mundial de Geoparques da Unesco. Os Geoparques Mundiais da UNESCO são áreas geográficas unificadas, onde sítios e paisagens de relevância geológica internacional são administrados com base em um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável.

Com apoio do Sebrae e do Governo de Minas, a cidade apresentou o Geoparque na WTM buscando fomentar o turismo e o patrimônio paleontológico. O parque tem formações geológicas, entre elas a Serra da Galga e a Serra Geral, além de mais de 10 mil fósseis de dinossauros!

A Presidente da Associação Geoparque Uberaba, Paula Cusinato, conversou com a Itatiaia: “É um projeto que vem crescendo a cada ano, inclusive lá tem o maior dinossauro do Brasil, que é o Uberabatitan Riberoi. Juntando isso, nós colocamos mais dois elementos culturais: o Chico Xavier e o Museu Zebu. Então isso nos permitiu viver como geoparque, para conseguirmos essa chancela, esse reconhecimento”, explicou ela.

Serviço: O Geoparque Uberaba está no Triângulo Mineiro a 476 km de Belo Horizonte. Mais informações no site www.geoparqueuberaba.com.br.

Rota Bahia Minas

Com mais de 350 km de extensão, a rota Bahia-Minas investe no Cicloturismo e passa por seis municípios mineiros. O maior atrativo é a viagem de bicicleta, passando por caminhos com mais de 100 anos de história da Estrada de Ferro.

Na WTM, foi apresentada por Sebrae e Governo de Minas como uma possibilidade para os amantes de atividades ao ar livre, com a possibilidade de desbravar as regiões dos vales do Jequitinhonha e Mucuri.

Ambas foram afetadas com o fim das operações da extinta ferrovia que ligava Minas ao Sul da Bahia, desativada há 57 anos. O percurso tem atraído novos visitantes e movimentado os negócios regionais, principalmente para os pequenos empreendedores e comunidades localizadas no percurso.

“A rota Bahia-Minas é um legado histórico para nossa região, é algo que marcou. O trem foi embora, mas nos deixou vários atrativos, pontilhões, túneis centenários e um trajeto lindo na beira dos rios. Então com isso, a gente vem trabalhando com o Cicloturismo. Está tudo pronto e preparado para que o pessoal vá para nossa região”, disse Jefferson Batalha, Analista de Negócios do Sebrae Minas e representante da rota, no estande de Minas Gerais.

Serviço: Para quem se interessou pela viagem, basta acessar o site www.rotabahiaminas.com.br.

Rota Café do Cerrado Mineiro

Os amantes de um bom café mineiro têm destino certo - a rota Café do Cerrado Mineiro, que acontece em Patrocínio, no Alto Paranaíba. A rota é a primeira do país a receber a Indicação Geográfica (IG) pelo INPI, na modalidade Denominação de Origem (DO), na categoria “atrativos naturais, culturais e gastronômicos”. Mas para além do café, a rota apresenta a história dos cafeicultores da região e a qualidade dos cafés produzidos em suas terras.

E não acaba por aí! A rota do Café do Cerrado Mineiro é uma experiência única de conhecer as fazendas, a produção, os trabalhadores e como o café chega à mesa.

Polyana Gonçalves, representante da rota, conversou com a Itatiaia e falou sobre as expectativas e negócios proporcionados na feira.

“Com certeza a feira nos deu acesso a vários operadores de turismo do mundo todo, isso para nós é muito bom, para que a gente possa então, difundir cada vez mais o nosso produto. Mesmo sendo um produto novo, há pessoas interessadas e nós estamos muito felizes por isso”, contou ela.

Serviço: para saber todas as informações sobre a rota acesse o site: www.cerradomineiro.org.

A Itatiaia viajou a convite do Sebrae Minas.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), já trabalhou na Record TV e Rede Minas. Atualmente é repórter multimídia da Itatiaia. Comunicativa e ligada as redes sociais, entretenimento e cidades.
Leia mais