Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Polícia resgate 47 cobras exóticas em operação de combate ao tráfico

Um suspeito de vender os répteis nas redes sociais foi autuado em Salto (SP), no interior paulista

A Polícia Civil apreendeu 47 cobras exóticas em operação de combate ao tráfico animal em Salto (SP), no interior pualista. Um suspeito de 44 anos foi preso.

A operação aconteceu na manhã dessa segunda-feira (01) na rua Japão, no bairro Jardim Nação.

O suposto comerciante dos répteis foi conduzido até a delegacia, onde foi autuado e liberado após a assinatura do Termo Circunstanciado - segundo nota enviada a Itatiaia.

A Polícia Civil de São Paulo suspeita que as cobras eram vendidas pelas redes sociais, sendo o homem de 44 anos o maior traficante de animais da região.

Leia também

O caso foi registrado pela Delegacia de Itu e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Conforme o Código Penal Brasileiro, o tráfico ilegal de animais silvestres é tipificado como crime ambiental grave. As penas podem incluir detenção de seis meses a um ano, além de multa.

Em casos mais graves, como o tráfico de espécies ameaçadas de extinção, as penas podem ser aumentadas.

Confira a nota da Polícia Civil de SP na íntegra:

“Policiais civis apreenderam 47 cobras exóticas na manhã de segunda-feira (01), na rua Japão, no Jardim Nação, em Salto. A apreensão ocorreu durante operação de combate ao tráfico animal. O comerciante dos repteis, de 44 anos, foi conduzido até a delegacia, onde foi autuado e liberado após a assinatura do Termo Circunstanciado. O caso foi registrado pela Delegacia de Itu e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).”

*

Participe dos canais da Itatiaia:

Formado em Jornalismo pela UFMG, com passagens pelo jornal Estado de Minas/Portal Uai. Hoje, é repórter multimídia da Itatiaia.
Leia mais