Ouvindo...

Times

‘Chá revelação do olho': saiba o que é ptose palpebral, condição tratada por Diogo Defante

Humorista operou o olho no início do ano e resolveu mostrar o resultado da cirurgia nesta quinta-feira (23) em uma live no YouTube

O humorista e youtuber brasileiro, Diogo Defante, de 33 anos, gerou repercussão no início deste ano ao anunciar que fez a cirurgia para corrigir uma ptose palpebral. A condição que deixava um dos olhos do humorista levemente caídos era, para muitos fãs, a marca registrada de Defante.

‘Chá Revelação’ inusitado de Diogo Defante reúne milhares de internautas

Em entrevista à Itatiaia, o oftalmologista especialista em cirurgia refrativa, catarata, lentes de contato e ceratocone, Tiago César Pereira Ferreira, explicou que a ptose palpebral é uma condição caracterizada pela queda da pálpebra superior que pode cobrir total ou parcialmente a pupila.

“As causas da ptose podem ser congênitas, devido ao desenvolvimento inadequado do músculo levantador da pálpebra, ou adquiridas, resultantes de fatores como envelhecimento, trauma, doenças neurológicas (como miastenia gravis), tumores ou outras condições que afetam os nervos ou músculos responsáveis pela elevação da pálpebra”, esclarece Ferreira.

Leia também

Danos à visão

Quando anunciou a cirurgia, Defante explicou que uma das razões pela qual optou por fazer o procedimento foi que a ptose palpebral já estava prejudicando a visão dele. Ferreira explica que esse incomodo é causada pela obstrução do campo visual superior e que dificulta a realização de atividades cotidianas, como leitura e direção.

“Em casos graves, a obstrução visual pode levar ao desenvolvimento de ambliopia (olho preguiçoso) em crianças, ou causar tensão ocular e cefaleias em adultos, devido ao esforço constante para levantar a pálpebra afetada”, esclarece.

Diogo Defante passa por cirurgia delicada e anuncia ‘fim de uma era’

Defante sentia dor no olho?

Conforme o especialista, a ptose palpebral geralmente não causa dor, ou seja, é provável que o humorista não sofria com dores na região. Contudo, ele destaca alguns sintomas da condição, veja abaixo:

  • Esforço para levantar a pálpebra afetada
  • Fadiga Ocular
  • Necessidade de inclinar a cabeça apara enxergar
  • Sensação de peso na pálpebras

Qual o tratamento para a condição?

Defante optou por tratar a condição a partir de uma cirurgia. Ferreira esclarece que existem dois tipos de tratamentos cirúrgicos, a de ressecção do levantador, que encurta o músculo levantador da pálpebra, e a de suspensão frontal, que conecta a pálpebra aos músculos da testa.

Como é a recuperação?

“A recuperação da cirurgia de ptose varia, mas geralmente envolve alguns cuidados específicos, como o de o paciente precisar usar um tampão ocular nas primeiras 24 a 48 horas para proteger o olho e reduzir o inchaço. Mas o tempo exato varia conforme a técnica cirúrgica utilizada e a recomendação do cirurgião”, esclarece.

A maioria dos pacientes retorna às atividades normais em uma a duas semanas, embora a recuperação completa da função e aparência da pálpebra possa levar algumas semanas.


Participe dos canais da Itatiaia:

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais