Ouvindo...

Times

Lula irá sancionar ‘taxação das blusinhas’, garante liderança do governo

Uma liderança do governo afirmou nesta quinta-feira (20) que, apesar de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser contra a cobrança, ele irá sancionar a taxação das compras internacionais de até US$ 50

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá sancionar a chamada “taxação das blusinhas”, em 2 de julho. A sanção está prevista para ocorrer em cerimônia no Palácio do Planalto, que deve contar com representantes de diversos setores da economia, incluindo o setor dos transportes e o automotivo, que anunciou investimentos de R$ 130 bilhões no país.

Uma liderança política próxima ao presidente confirmou nesta quinta-feira (20) que, apesar de ser contra a taxação, Lula irá sancionar este dispositivo do projeto de lei que cria o Programa Mobilidade Verde (Mover), que prevê incentivos tributários de R$ 19,5 bilhões até 2027. O projeto, que institui o Mover, também cria a taxação de 20% em compras internacionais de até US$ 50.

Leia também

Esta semana, Lula disse, em entrevista à CBN, que é “pessoalmente contra a taxação”. No entanto, Lula irá respeitar o acordo firmado com o Congresso Nacional para a aprovação da matéria. “Ele expressou a vontade dele, mas essa não é a vontade de todos. Mesmo querendo, ele não irá vetar a taxação”, garantiu uma liderança próxima ao presidente Lula.


Participe dos canais da Itatiaia:

Repórter da Itatiaia desde 2018. Foi correspondente no Rio de Janeiro por dois anos, e está em Brasília, na cobertura dos Três Poderes, desde setembro de 2020. É formado em Jornalismo pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), com pós-graduação em Comunicação Eleitoral e Marketing Político.
Leia mais